Sex, 1 Março 2024

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Fatura da água com aumentos inferiores a um euro em Santarém

A maioria dos clientes da Águas de Santarém (AS), empresa municipal que gere o abastecimento e saneamento neste concelho, vai ter um aumento inferior a 1 euro na sua fatura mensal em 2024.

A garantia foi dada esta segunda-feira, 18 de dezembro, pelo presidente do Conselho de Administração da AS, Ramiro Matos, durante a apresentação e votação do tarifário, aprovado, por unanimidade, pelo executivo municipal.

Segundo Ramiro Matos, o tarifário para 2024 teve uma especial preocupação com os consumos mais baixos e até intermédios. Tendo como ponto de partida a definição de consumo médio estabelecido pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR), que é de 10 metros cúbicos/mês por família, o responsável pela AS, garante que até esse consumo a fatura vai aumentar, no máximo, um euro.

Já na tarifa social, destinada aos consumidores com maiores dificuldades económicas, o aumento mensal não vai ultrapassar os 30 cêntimos. Ao contrário, os consumos mais elevados, quer domésticos quer não domésticos, vão aumentar um pouco mais.

Ramiro Matos garantiu igualmente a redução das faturas das IPSS, um esforço para apoiar estas instituições onde qualquer valor a menos ajuda na gestão diária.

Três anos sem mexidas obrigavam a aumentar 11%

Na explicação que deu aos vereadores, o presidente do Conselho de Administração da AS referiu que estes aumentos surgem após três anos sem mexidas nas tarifas (entre 2020 e 2022), no período da pandemia e pós pandemia, e que se tornavam indispensáveis para cumprir as normas da ERSAR, que obrigam as entidades gestoras a aumentar as tarifas anualmente por um valor não inferior à taxa de inflação.

Segundo Ramiro Matos, para recuperar da manutenção das tarifas neste triénio, a autarquia teria de aumentar o tarifário em cerca de 11 por cento.

O responsável da AS referiu que para este aumento de custos contribuíram fatores como os custos com pessoal, que cresceram 6% apenas devido à atualização salarial dos funcionários, o custo de ferramentas e análises (+20%), dos ramais (+137%), das empreitadas (+15%) e da energia (+91,6%).

Boas notícias para comércio e serviços

O grupo de consumidores que vai ser mais beneficiado com o novo tarifário é o do pequeno comercio e serviços que, até agora, mesmo sem consumos ou com consumos pequenos, tinha contas altas.

Ramiro Matos exemplificou com uma pequena loja ou escritório, com um consumo de 2 m3 referente apenas ao uso dos sanitários, que, com este tarifário, terá uma redução na fatura de 6,5 euros.

O presidente do Conselho de Administração deu ainda vários exemplos que comprovam que o tarifário da Águas de Santarém é mais barato que o de outras entidades gestoras da região, nomeadamente o da vizinha Águas do Ribatejo, tendo o documento sido aprovado com elogios dos vereadores de PS e Chega.

Veja AQUI o tarifário da Águas do Ribatejo para 2024.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB