PUB

cm chamusca covid

PUB

clickaporta

PUB

cms fna2021

PUB

castelo bode

O ministro da Educação, Nuno Crato, foi recebido por alunos que, vestidos a rigor, explicaram a história do patrono da escola, D. Miguel de Almeida, o primeiro a proclamar a restauração da independência de Portugal, a 1 de Dezembro de 1640.

Nuno Crato foi o primeiro titular da pasta da educação a visitar esta escola, para inaugurar as obras de requalificação do estabelecimento, construído em 1975, depois de ter começado a funcionar em 1968 no Convento de S. Domingos, no centro histórico da cidade.

A escola D. Miguel de Almeida necessitava de uma requalificação profunda já que os pavilhões apresentavam sinais de degradação com prejuízos para a melhor aprendizagem dos alunos do 5º ao 9º ano de escolaridade.

Fruto de uma parceria entre a Câmara de Abrantes e o Ministério da Educação, com recurso a fundos comunitários, foi possível avançar para o projecto de requalificação que teve um custo de cerca de quatro milhões de euros.

Depois da intervenção, a escola ficou dotada de um auditório, 32 salas de aula e laboratórios, uma biblioteca, um pavilhão desportivo coberto e um pavilhão gimnodesportivo. A entrada principal da escola foi também rectificada com uma via circundante ao estabelecimento de ensino, que permitiu desviar o trânsito direccionado para a escola da Avenida por onde era feito o acesso principal.

Nuno Crato, ministro da Educação, salientou que o projecto educativo da escola, apresentado pelo seu director Jorge Beirão, é o mesmo que o ministério preconiza para o ensino em Portugal. O governante destacou ainda os prémios de ortografia, escrita e ciência com que a escola distinguiu os alunos que participaram nos vários concursos, tendo afirmado que ficou provado que um aluno bom a língua portuguesa pode sê-lo a matemática e vice-versa.

Aos jornalistas o titular da pasta da educação revelou que a fusão de agrupamentos escolares está a decorrer e tem como objectivo principal racionalizar meios mas, não deve, em caso algum, ser um processo que venha a obstruir o melhor funcionamento destes agrupamentos. No caso de Abrantes, existem actualmente quatro agrupamentos que, tudo indica, venham a dar lugar a apenas dois agrupamentos verticais.

Nuno Crato visitou Tecnopólo do Vale do Tejo

Depois da cerimónia de inauguração e da visita às instalações da D. Miguel de Almeida, Nuno Crato deslocou-se ao Tecnopólo do Vale do Tejo onde ficou a conhecer o projecto “Line”, do Instituto Politécnico de Tomar. Trata-se de um centro de transferência de tecnologia que pretende ser um serviço de apoio às empresas da região e do país.

A ideia é simples: as empresas apresentam os seus problemas e os engenheiros deste centro procuram soluções para as questões apresentadas. Este centro está a funcionar há cerca de dois anos e tem já uma carteira considerável de projectos solucionados ou desenvolvidos.

O ministro conheceu ainda o projecto para as novas instalações da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes (ESTA), já elaborado mas congelado por falta de verbas, e assistiu à assinatura de um protocolo entre a Câmara, o Instituto Politécnico de Tomar e a Nersant com nove empresas da região.

O protocolo tem por base o fornecimento de informação das empresas à ESTA para que a escola possa adequar o seu catálogo de competências. O objectivo é a colocação dos alunos das ESTA nas empresas locais depois de concluído o respectivo curso.

A Associação Scalabitana de Protecção Animal (ASPA) está a tentar salvar um cão queimado que foi deixado preso com uma corda à porta do canil, num estado de grande debilidade física.

Segundo Vítor Piedade, da ASPA, o animal, um braco alemão puro, apresenta queimaduras de 1º grau em mais de 20% do corpo, mas está a reagir favoravelmente aos tratamentos que estão a ser feitos pelo veterinário municipal, Francisco Grilo.

Tendo em conta o tipo de ferimentos e o facto de serem apenas num lado do corpo, a ASPA acredita que serão queimaduras provocadas por ácido, provavelmente derivadas da queda de um frasco.

“Os ferimentos podem até ter sido feitos de modo acidental ou inadvertidamente, mas não se abandona um animal nestas condições à porta de um canil”, afirmou Vítor Piedade, acrescentando que o animal foi encontrado na manhã de domingo, 15 de Abril, quando os elementos da associação chegaram às instalações, situadas na zona industrial de Santarém.

O cão, já baptizado por “Zeus”, não tem chip, o que impossibilita a identificação do proprietário, mas “tem uma marca na orelha que é colocada apenas aos animais que são 100% puros”, explicou ainda o mesmo responsável.

Os tratamentos às feridas, que são bastante dispendiosos, estão a ser feitos todos os dias e “vai ser uma recuperação bastante prolongada”, acrescentou Vítor Piedade.

A tribuna pública que o Movimento de Utentes dos Serviços Públicos (MUSP) do distrito de Santarém organizou na Associação Recreativa e Cultural de Vale Estacas, em Santarém, contou com uma adesão popular bastante significativa, com a particularidade de ter reunido gente de vários concelhos ribatejanos.

Integrada na jornada nacional em defesa do Serviço Nacional de Saúde, que se realizou em várias cidades do país, esta iniciativa do secretariado do MUSP contou com a presença de António Filipe, deputado do PCP eleito pelo distrito, e com intervenções de responsáveis de várias comissões de utentes, presidentes e representantes de Juntas de Freguesia, de organizações sindicais, de associações de carácter cívico e até de jovens em defesa da escola pública, entre outros.

Mais do que defender a manutenção e a melhoria dos serviços públicos, as intervenções na tribuna pautaram-se pelo relato de algumas situações concretas, “vividas por utentes ali presentes, defendendo que os serviços públicos devem ser de qualidade e proximidade, como está estipulado na Constituição da República Portuguesa”, salienta uma nota de imprensa do MUSP.

No final da iniciativa, os presentes aprovaram uma resolução comum a todas as iniciativas ocorridas em Portugal, e que incide sobre a defesa de um Serviço Nacional de Saúde de qualidade, de proximidade, geral, universal e tendencialmente gratuito.

A próxima acção de defesa dos serviços públicos do MUSP em Santarém ficou já agendada para o próximo dia 1 de Maio.

Mais artigos...

PUB

PUB

scalhidraulica 2021

PUB

ipsantarem mestrados

PUB

Anuncio AR Chamusca

PUB

almeirim sopapedra

Quem está Online?

Temos 732 visitantes e 0 membros em linha