PUB

banner chamusca covid mata

PUB

nersant business +2

PUB

cms covid 2021b

PUB

clickaporta

As piscinas municipais Fernando Cunha, em Torres Novas, funcionam desde o dia 1 de Janeiro de 2012 com um novo horário.

O horário de funcionamento é agora das 8h00 às 21h30, de segunda a sexta, e das 8h00 às 13h30, ao sábado. Aos domingos e feriados, este equipamento está encerrado.

A Quercus alertou esta quinta-feira, 12 de Dezembro, para mais um alegado abate ilegal de centenas de sobreiros, desta vez numa área florestal junto a Foros de Salvaterra, no concelho de Salvaterra de Magos.

Após receber uma denúncia sobre um abate ilegal de mais de 500 sobreiros, a associação ambientalista deslocou vários elementos ao local para confirmar a situação e constatou que foram cortadas centenas de árvores adultas protegidas, as quais ainda se encontram no terreno, na zona da Buinheira, em Foros de Salvaterra.

A Quercus verificou no terreno que os sobreiros abatidos estavam verdes e não se encontravam cintados como refere a regulamentação legal, situação que revela a ausência de autorização de abate da Autoridade Florestal Nacional.

A denúncia foi prontamente remetida pela Quercus, para o Serviço de Protecção da Natureza e Ambiente da GNR, entidade que tem de fiscalizar estas situações, e para a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos para esclarecimentos sobre pretensões de conversão da floresta para uso agrícola ou urbanístico.

O cidadão que alertou para a situação refere que a pretensão é instalar um pivot de rega e considera um “verdadeiro atentado contra a natureza e a preservação de uma árvore que referenciamos como símbolo Nacional”.

A Quercus exige um inventário geográfico rigoroso deste corte ilegal de sobreiros com o levantamento do respectivo auto de notícia por contra-ordenação. Dado o risco de continuar o corte ilegal dos sobreiros, a Quercus apela ainda ao reforço da fiscalização das autoridades e exige a interdição da alteração do uso do solo no povoamento de sobreiros pelo período de 25 anos, em conformidade com a legislação aplicável.

Um homem de 61 anos escapou sem um único arranhão a uma violenta colisão ocorrida na Estrada Nacional 3 à entrada de Santarém, na quinta-feira, 12 de Janeiro, pelas 11h15, e que obrigou mesmo ao corte do trânsito durante cerca de 30 minutos.

José Manuel Leandro, que conduzia um auto sem carta, parou a sua viatura no meio da via para voltar à esquerda, para a estrada da carreira de tiro, quando sofreu o embate de um veículo ligeiro que também vinha no sentido Cartaxo – Santarém e que não travou a tempo.

A parte de trás do carro foi arrancada pela violência do embate, mas o condutor não sofreu qualquer ferimento. Pior sorte teve uma senhora que ia no banco do "pendura" que ficou ferida e foi transportada ao hospital de santarém, tendo ficado internada.

No local estiveram os bombeiros voluntários e municipais de Santarém, com sete elementos e duas viaturas, e a PSP, que procedeu ao corte do trânsito na EN3 enquanto duraram as operações de remoção das viaturas acidentadas. 

Mais artigos...

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

Aguas Ribatejo Atendimento 012 222

Quem está Online?

Temos 529 visitantes e 0 membros em linha