PUB

chamusca natal

PUB

avisan novo

PUB

cms impulso

PUB

salvaterra natal

 PUBaguas santarem app

O ex-funcionário do balcão do BPI de Santarém que foi julgado por ter roubado cerca de 131 mil euros da conta de um cliente morto foi condenado a cinco anos de prisão, suspensos na sua execução.

wshoppingSlide thumbnail

O Tribunal de Santarém considerou o arguido, de 40 anos, culpado de quatro crimes: abuso de confiança agravado, falsificação de documento, branqueamento e falsidade informática, mas entendeu deixá-lo em liberdade pelo facto de não ter antecedentes criminais, por ter confessado integralmente os factos e mostrado arrependimento, e mediante a obrigação de devolver cerca de 15 mil euros ao banco.
Recorde-se que o ex-bancário do BPI do balcão da Avenida do Brasil, em Santarém, era o gestor da conta de um homem que tinha falecido em 2006, e que não tinha registo de quaisquer movimentos desde o seu falecimento.
O coletivo de juízes deu como provado que o arguido engendrou um plano para se apoderar do dinheiro, tendo feito várias operações bancárias para resgatar aplicações financeiras antes de transferir cerca de 131 mil euros para outras contas em seu nome pessoal, no Banco BIG, na CCAM e até no próprio BPI.
Além de ter falsificado documentos, criou até uma conta de e-mail ao falecido, que servia para fingir que o defunto lhe enviava instruções para movimentar o seu próprio dinheiro, e assim justificar as operações junto da direção do balcão do banco, que levantou um processo disciplinar ao ex-funcionário quando teve conhecimento dos factos.

Notícias relacionadas:
Morto enviou e-mails a bancário para movimentar conta

 



giulietta slide

 

coruche natal2021
Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

scalhidraulica 2021

PUB

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

ipsantarem mestrados

PUB

aguas ribatejo dia agua

PUB

mercadinho Natal

Quem está Online?

Temos 607 visitantes e 0 membros em linha

PUB

5valedobro Natal