A mulher que esfaqueou o namorado durante uma briga na casa onde residiam, na Rua Pedro Santarém, em Santarém, continua, segundo a Rede Regional apurou, em parte incerta e a ser procurada pela Polícia Judiciária (PJ), que entretanto tomou conta do caso.

wshoppingSlide thumbnail

C. Oliveira, de 36 anos e de nacionalidade brasileira, fugiu na passada terça-feira, 5 de outubro, por volta das 21h30, após ter golpeado o namorado na barriga, deixando-o a esvair-se em sangue na sala do apartamento.
O homem, de 27 anos, conseguiu dar o alerta para o 112 e chegou ao Hospital de Santarém em estado muito grave.
Segundo fonte oficial do Hospital, o homem foi submetido a uma intervenção cirúrgica de urgência, e encontra-se internado em recuperação, ainda com diagnóstico reservado.
Fonte próxima da mulher, que solicitou reserva de identidade, explicou à Rede Regional que a foragida veio para Portugal há cerca de quatro anos, mas ainda não conseguiu legalizar a sua situação no país.
Apesar de nunca ter tido um trabalho fixo, C. Oliveira deslocou-se várias vezes a Espanha e França, onde também tem outros familiares.