No âmbito do projeto “Ciência Viva no Verão”, a Câmara de Torres Novas e a associação Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica estão a preparar três percursos para dar a conhecer a geodiversidade e a biodiversidade de diversos locais do concelho, como a Serra de Aire, o rio Almonda, os Moinhos da Pena e as Grutas de Lapas.

Slide thumbnail

A primeira atividade está marcada para o dia 1 de agosto, com início no Parque de Merendas de Vale da Serra, a partir das 9 horas, com o objetivo de fazer a ponte entre a geodiversidade e a biodiversidade na Serra de Aire.
A 22 de agosto, terá lugar a segunda atividade do projeto, a partir das 9 horas, com início nos Moinhos da Pena, onde, num percurso de cerca de 4 quilómetros, será possível observar um dos maiores conjuntos de moinhos de Portugal, construídos no topo da escarpa do Arrife, e testemunhos da importância da moagem artesanal.
A iniciativa termina a 5 de setembro, com a atividade “Do rio Almonda à Gruta das Lapas”, com início marcado para as 9 horas, na Praia Fluvial da Ribeira Branca.
A visita irá dar a conhecer a vista privilegiada para a planície de inundação do rio, terras férteis, pomares e hortas, bem como descobrir o terraço fluvial com antigas pedreiras de tufo calcário terminando com a visita às Grutas de Lapas, um conjunto de galerias subterrâneas escavadas em tufos calcários, com importância a nível nacional e internacional.