PUB

cm chamusca covid

PUB

clickaporta

PUB

banner cms in

PUB

castelo bode

 PUBaguas santarem 600x110

O Centro de Distribuição Postal (CDP) de Rio Maior tem atualmente mais de 50 mil encomendas e objetos por entregar e correspondência datada de 10 de maio sem hipótese de distribuição, por falta de pessoal.

Slide thumbnail

A denuncia vem do Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Correios e Telecomunicações (SNTCT), que explica que, entre as cartas que se acumulam no CDP, há correspondência relativa à EDP, operadoras de telecomunicações, serviços de água e vales e abonos da Segurança Social e entidades ligadas à saúde.
A situação deve-se, segundo o sindicato, à falta de carteiros e ao volume de trabalho que é exigido aos poucos funcionários que existem para dar conta de tanta correspondência, carência que tem sido sucessivamente reportada à administração dos CTT.
Os carteiros de Rio Maior iniciaram a 1 de junho uma greve parcial de duas horas diárias, que se estende até esta sexta-feira, dia 18, exigindo que todos os postos de trabalho sejam ocupados, o que obriga a novas contratações, e a substituição dos trabalhadores durante os períodos de férias.
Entretanto, os trabalhadores do centro de distribuição dos CTT em Santarém iniciaram esta quinta-feira, 17 de junho, uma greve de duas semanas, exigindo também a contratação urgente de pessoal para melhorar a qualidade de serviço.
Os trabalhadores em greve vão estar concentrados em frente aos CTT, no passeio do Largo Cândido dos Reis, entre as 8h30 e as 10h30, segundo o SNTCT, que também solicitou uma reunião urgente ao presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves.

 



PUB

PUB

scalhidraulica 2021

PUB

ipsantarem mestrados

PUB

banner ar

Quem está Online?

Temos 543 visitantes e 0 membros em linha