PUB

af banner jornal rede regional 600x108px

PUB

chamusca ascensao

PUB

banner comerciolocal

 PUBaguas santarem 600x110

O Sindicato Nacional dos Bombeiros Sapadores (SNBS) desconvocou a greve que se deveria ter iniciado este sábado, 1 de maio, na sequência de um outro período grevista que decorreu durante o mês de abril na Companhia de Sapadores Bombeiros de Santarém.

Slide thumbnail

A decisão foi tomada após o acórdão da Direção Geral da Administração e do Emprego Público (DGAEP), com data de 28 de abril, ter dado razão à autarquia no que diz respeito à definição dos serviços mínimos de socorro à população, contrariando os principais argumentos dos grevistas nesta matéria.

O SNBS ainda pediu esclarecimentos sobre o acórdão arbitral, composto por um juiz independente e representantes de cada uma das partes, com força de lei ao nível de um tribunal de primeira instância, que considerou “confuso”.

No entanto, o árbitro presidente considerou que o pedido “visa diretamente reabrir a discussão e levar o colégio arbitral a analisar de novo o que já foi objeto de decisão, o que não é permitido por lei”.

“O pedido de ‘esclarecimentos´ é afinal uma via oblíqua, o que a lei não permite, de vir discutir novamente o que já foi decidido e tentar obter uma eventual alteração do julgado”, refere o juiz que, em conjunto com os restantes dois, incluindo o representante dos trabalhadores, rejeitou o pedido do sindicato.

SINDICATO DECRETA “TOLERÂNCIA ZERO”

Contactado pela Rede Regional, Ricardo Cunha, dirigente nacional do SNBS, justifica a desconvocação da greve “porque não estavam reunidas condições de segurança” mas garante que a luta “não fica assim” e promete “tolerância zero” ao que diz serem as irregularidades frequentes na corporação.

“Obviamente que desconvocámos a greve porque temos algumas na manga”, referiu Ricardo Cunha, recusando-se a esclarecer quais podem ser os passos seguintes porque isso seria “dar trunfos ao inimigo”.

“Vamos denúncias na altura certa. Se o socorro correr bem, está tudo ok. Qualquer falha que haja que provoque algum problema a algum dos nossos sócios, alguém vai ter de responder”, conclui Ricardo Cunha.

NOTÍCIAS RELACIONADAS:



PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

ipsantarem mestrados

PUB

aguas ribatejo alpiarca

PUB

almeirim sopapedra

Quem está Online?

Temos 613 visitantes e 0 membros em linha