PUB

chamusca ascensao

PUB

banner comerciolocal

 PUBaguas santarem 600x110

A Câmara Municipal de Santarém recebeu um acórdão da Direção Geral da Administração e do Emprego Público (DGAEP) que obriga o Sindicato Nacional dos Bombeiros Sapadores (SNBS) a garantir o socorro à população.

Slide thumbnail

Este é o desenvolvimento mais recente do braço de ferro que opõe o município scalabitano ao SNBS, e que levou à greve vários elementos do corpo de Sapadores Bombeiros de Santarém afetos a este sindicato, desde o dia 1 de abril e até amanhã, dia 30.
No Acórdão proferido pelo Colégio Arbitral, constituído pela DGAEP para definição dos serviços mínimos na sequência do pré-aviso de greve decretada pelo SNBS, “foi reconhecida, por unanimidade, procedência total ao pedido do município de Santarém, quanto aos serviços mínimos considerados indispensáveis para garantir o socorro à população”, adianta a Câmara de Santarém em comunicado.
Segundo a mesma fonte, o Acórdão “tem efeito imediato e garante que, durante o período da greve convocada entre as 19 horas do dia 1 de maio às 19 horas do dia 1 de junho, o serviço de socorro seja assegurado”.
Recorde-se que o SNBS já tinha entregue um novo pré-aviso de greve, de 1 a 31 de maio, por ainda não terem sido satisfeitas as suas reivindicações.
A Câmara acrescenta ainda que “irá avaliar a existência de matéria para instauração de eventuais procedimentos criminais, no que respeita ao não cumprimento dos serviços mínimos definidos nesta greve, no superior interesse da defesa de pessoas e bens”.

 



ideiasdenegocios

 

Slide thumbnail

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

aguas ribatejo alpiarca

PUB

almeirim testes

Quem está Online?

Temos 770 visitantes e 0 membros em linha