PUB

chamusca covid responsavel

PUB

cms covid 2021b

O Tribunal Judicial da Comarca de Santarém acionou o plano de contingência do Tribunal de Abrantes depois de um funcionário ter acusado positivo para a COVID-19, resultado que foi conhecido esta terça-feira, 10 de novembro.

Slide thumbnail

Este oficial de justiça, que presta serviço no núcleo do Ministério Público de Abrantes, já estava em casa, em isolamento profilático, desde o dia 4 de novembro, depois de ter informado a Comarca que a esposa tinha também testado positivo para o novo coronavírus.
Segundo uma nota da Comarca de Santarém, foi contatada a Delegada de Saúde do Médio Tejo, “que clarificou, verbalmente, não serem necessárias quaisquer medidas adicionais, quer relativamente a pessoas que contactaram com aquele funcionário, quer relativamente à higienização e desinfeção do edifício”.
Segundo a Delegada de Saúde, o funcionário “não esteve a trabalhar no período de transmissibilidade da doença”, pelo que “não serão tomadas, por parte da Autoridade de Saúde, medidas adicionais no Tribunal de Abrantes, reforçando que todos somos responsáveis pela prevenção da doença, contribuindo para tal com os nossos comportamentos de distanciamento social, uso de máscara, etiqueta respiratória, higiene das mãos e superfícies”.
A Rede Regional teve também acesso a uma circular interna do Agrupamento de Delegações de Abrantes da Ordem dos Advogados (OA), onde a direção deste órgão já manifestava a sua preocupação com esta situação no Palácio de Justiça de Abrantes, e que vem agora a ser esclarecida com o comunicado oficial do Tribunal Judicial da Comarca de Santarém.

 



PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

Aguas Ribatejo Atendimento 012 222

Quem está Online?

Temos 1779 visitantes e 0 membros em linha