PUB

banner chamusca alice

PUB

banner cms escola

Um homem de 62 anos, residente no concelho de Torres Novas, vai aguardar julgamento sujeito a pulseira eletrónica, depois de ter sido detido por suspeitas dos crimes de violência doméstica e posse de arma proibida.

Slide thumbnail

Segundo um comunicado do Comando Territorial de Santarém, arguido “agrediu física e psicologicamente, de forma reiterada, a sua mulher de 52 anos, durante os cerca de 20 anos de relacionamento”, tendo sido detido no âmbito de um processo conduzido pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vitimas Específicas (NIAVE).
“Após a vítima terminar a relação há cerca de cinco anos, o suspeito começou a persegui-la e aterrorizá-la com ameaças de morte constantes aludindo às diversas armas de fogo que tinha em sua posse, nunca aceitando a separação”, explica ainda a GNR.
Dando cumprimento a um mandado de detenção, um de busca domiciliária e dois em veículos, os militares apreenderam ao sexagenário duas espingardas caçadeiras de calibre 12, 44 cartuchos de mesmo calibre, duas espadas com lâmina de 48 centímetros, três armas de caça submarina com arpão, cinco foices, três facas e um machado.
Além da vigilância eletrónica, o arguido, que foi ouvido em primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Santarém, ficou ainda proibido de qualquer contato com a vítima.

 



Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

Scalhidraulica

Quem está Online?

Temos 945 visitantes e 0 membros em linha