A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) colocou o distrito de Santarém em alerta vermelho, o nível máximo, devido ao aumento do risco de incêndio, e apelou ao cuidado das populações para evitarem ao máximo comportamentos de risco.

Slide thumbnail

A situação de alerta abrange o período compreendido entre as 20h00 horas do dia 2 de agosto e as 23h59 horas do dia 4 de agosto.

A declaração decorre da necessidade de adotar medidas preventivas e especiais de reação face ao risco de incêndio máximo e muito elevado previsto pelo IPMA na maioria dos concelhos do continente nos próximos dias.

Em comunicado, a ANEMP alerta para as seguintes medidas de caráter excecional:

Proibição do acesso, circulação e permanência no interior dos espaços florestais previamente definidos nos Planos Municipais de Defesa da Floresta Contra Incêndios, bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais e outras vias que os atravessem;

Proibição da realização de queimadas e queimas de sobrantes de exploração;

Proibição total da utilização de fogo-de-artifício ou outros artefactos pirotécnicos, independentemente da sua forma de combustão, bem como a suspensão das autorizações que tenham sido emitidas nos distritos onde tenha sido declarado o Estado de Alerta Especial de Nível Vermelho pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil;

Proibição de realização de trabalhos nos espaços florestais e outros espaços rurais com recurso a motorroçadoras de lâminas ou discos metálicos, corta-matos, destroçadores e máquinas com lâminas ou pá frontal.