"Em 2020, Santarém vai ser o maior e mais diversificado restaurante de Portugal". A frase, dita pelo presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, marcou a cerimónia de arranque das comemorações dos 40 anos do Festival Nacional de Gastronomia (FNG), que se realizou esta segunda-feira, 17 de fevereiro, na Casa do Campino.

Slide thumbnail

Perante uma plateia com várias dezenas de convidados, o autarca reafirmou a gastronomia como uma aposta estratégica para o futuro do concelho, referindo que é necessário que jovens e menos jovens acreditem que mesmo fora do âmbito do FNG a cidade será visitada por quem procura comer bem.

“Santarém é há 40 anos o palco privilegiado da gastronomia portuguesa, num acontecimento que reúne a oferta gastronómica do nosso país, tão rica e variada quanto a sua paisagem, e a sua forte tradição vitivinícola, com reconhecida excelência e qualidade dos seus vinhos, trazendo a Santarém os melhores gastrónomos e sabores do país, numa seleção de restaurantes de norte a sul e ilhas”, referiu Ricardo Gonçalves, destacando assim a importância do festival nesta aposta estratégica.

O presidente da Câmara de Santarém aproveitou ainda a oportunidade para lembrar o "pai" do Festival Nacional de Gastronomia, o já falecido presidente da ex-Região de Turismo do Ribatejo, Carlos Abreu, e todos os que, ao longo dos anos, contribuíram para fazer crescer o certame.

A abrir a cerimónia, o presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, António Ceia da Silva, recordou que a região foi a que mais cresceu em 2019 no que diz respeito ao turismo interno, com uma subida de 36%, e dos proveitos do setor, com um crescimento de 16%.

17 DIAS COM O MELHOR DA GASTRONOMIA NACIONAL EM SANTARÉM
gastronomia2020 40anos2A cerimónia desta segunda-feira, realizada na Casa do Campino, em Santarém, serviu para apresentar o vasto leque de atividades que se vão incluir nas comemorações dos 40 anos do Festival Nacional de Gastronomia, que este ano se realiza de 16 de outubro a 1 de novembro.

O presidente do Concelho de Administração da Empresa Municipal Viver Santarém, João Leite, apresentou os pontos mais altos das várias dezenas de iniciativas de âmbito local, regional e nacional destas comemorações, que decorrem até final do ano.

Entre estes acontecimentos destacam-se como eventos âncora o “Dia Nacional da Gastronomia”, o evento “Portugal à Mesa em Santarém”, a reforçada presença na Bolsa de Turismo de Lisboa e na Feira Nacional da Agricultura, o lançamento do Guia Gastronómico, diversas conferências ao longo do ano, e o próprio Festival Nacional de Gastronomia.

A apresentação das comemorações foi feita num almoço preparado pelo chef Rodrigo Castelo, que teve como ementa cabidela de peixe do rio com ovas de barbo e bode (capado) assado no espeto com cabidela de miúdos e grão de bico.

A Adega Cooperativa do Cartaxo mostrou os seus melhores vinhos, enquanto a pastelaria Bijou foi a responsável pelas sobremesas. A animação esteve a cargo do grupo “Três Bairros”.

gastronomia2020 40anos