José Pastoria, professor de educação física em Benavente, criou o movimento “Juntos Pelo Sorraia”, que visa alertar para a praga de jacintos de água que está a afetar este rio que cruza vários concelhos da Lezíria do Ribatejo.

Slide thumbnail

Sublinhando que esta espécie invasora está a comprometer toda a fauna e a flora da região, o movimento “pretende obter o máximo de apoios, quer sejam entidades ou pessoas individuais para juntos ajudar o rio Sorraia”.
Segundo explica o fundador, o jacinto de água “tomou por completo o curso do rio entre as localidades de Coruche e Benavente”, um problema “que se tem acentuado ao longo dos anos e que, infelizmente, não se têm solucionado”.
“Se, no passado, as cheias anuais transportavam as plantas para jusante, onde acabariam por morrer por serem expostas a salinidades mais elevadas, neste momento, as cheias são muito raras e não têm água suficiente para limpar o rio”, alerta José Pastoria, acrescentando que a praga só poderá ser combatida e removida “com uma intervenção humana musculada”.
Este movimento surgiu após o professor ter gravado um vídeo numa ponte na localidade do Biscainho, ao qual chamou “A morte anunciada de um rio”, e que, em poucas horas, teve milhares de visualizações e partilhas nas redes sociais, e de onde surgiram também contactos de apoio de entidades e pessoas individuais.
Este primeiro passo acabou por dar origem ao movimento “Juntos Pelo Sorraia”, que já tem página na Internet (no endereço https://juntospelosorraia.pt), página oficial no Facebook e um canal no YouTube.
“Outrora navegável, o Rio Sorraia atravessa nos nossos dias uma situação alarmante onde cerca de 80% da sua extensão se encontra coberta por um denso tapete de jacinto de água”, alerta Sandra Alcobia, uma bióloga que trabalha na Companhia das Lezírias, em Samora Correia, e que se juntou ao movimento após ter tido conhecimento da situação.
A primeira atividade organizada por este movimento é uma caminhada pelas margens do rio Sorraia no dia 15 de setembro, a partir do Biscainho, com o objetivo de mostrar aos participantes a praga de jacintos de água ao longo do curso de água.