PUB

chamusca show infantil

PUB

insantarem

ATUALIZADO ÀS 20H32

O incêndio que deflagrou às 14h11 desta quinta-feira, 18 de julho, na encosta entre o Instituto Politécnico de Santarém (IPS) e as Ómnias, colocou várias casas em perigo e obrigou mesmo ao corte da Linha ferroviária do Norte durante mais de duas horas.

Slide thumbnail

O fogo chegou a ter duas frentes ativas, com os meios aéreos a desempenharem um papel fundamental a combater as chamas, sobretudo nas zonas menos acessíveis da encosta, e na proteção das casas.

Em termos de prejuízos materiais, ardeu apenas um anexo no antigo restaurante “O Forcado” e algumas barracas agrícolas que estavam espalhadas pelas encostas, graças à rápida intervenção dos bombeiros e à ação dos meios aéreos deslocados para o local, junto ao rio Tejo.

No local, uma zona isolada com muito mato seco e canavial, matéria altamente combustível que facilitou bastante a propagação do incêndio, que se dispersou por vários hectares na zona da encosta, chegaram a estar 90 operacionais, apoiados por 25 viaturas terrestres e 4 meios aéreos.

Quanto à circulação ferroviária, cortada cerca das 15h00, foi reaberta cerca das 17h00 mas de forma condicionada e lenta.

Às 20h30, já sem meios aéreos, estavam ainda no local 86 operacionais, apoiados por 25 veículos.

Não há registo de feridos nem danos em habitações.

Veja o vídeo enviado pelo leitor Jorge Malacas.

Veja o vídeo enviado pelo leitor Adriano Cruz.

incendio ips 3

incendio ips 4

incendio ips 6

incendio ips 2

incendio ips

EM ATUALIZAÇÃO



opticenter rodape2

 

PUB

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

Quem está Online?

Temos 846 visitantes e 0 membros em linha