PUB

chamusca covid continua

PUB

cms riscos

incendios-01

O distrito de Santarém é o segundo do país com mais área ardida desde o início do ano, apenas superado por Faro, onde o fogo de Monchique consumiu mais de 26 mil hectares de mato e floresta (77% do total nacional).

Segundo o último relatório provisório de incêndios rurais do Instituto de Conservação da Natureza e da Floresta (ICNF), entre 1 de janeiro e 15 de agosto, os incêndios foram responsáveis pela destruição de 1.109 hectares (3% do total nacional), ficando Braga em terceiro lugar, com 1010 hectares.

O mesmo relatório aponta as queimadas como a principal causa (66%) dos fogos até 15 de agosto, em que se registaram 7.670 incêndios rurais, o segundo valor mais baixo dos últimos dez anos. O incendiarismo imputável foi a causa de 14% dos incêndios.

Segundo o relatório, até 15 de agosto foram registados 7.670 incêndios rurais que resultaram em 34.791 hectares de área ardida, entre povoamentos (19.377 hectares), matos (13.433) e agricultura (1.881).

Este ano foram registados menos 40% de incêndios rurais e menos de 49% de área ardida relativamente à média anual do período dos últimos dez anos, destaca o ICNF.



banner fiqueemcasa

 

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

PUB

promo almeirim1

Quem está Online?

Temos 321 visitantes e 0 membros em linha