PUB

af banner jornal rede regional 600x108px

PUB

chamusca ascensao

PUB

banner comerciolocal

 PUBaguas santarem 600x110

Juntar a lampreia com umas pitadas de presunto local e adicionar visitas ao museu ou à piscina é o menu para o evento gastronómico que decorre nos restaurantes do concelho de Mação de 24 de Fevereiro a 25 de Março.

Mação é um concelho banhado pelo rio Tejo e, ao longo da história, sempre teve ligação à gastronomia confeccionada com espécies fluviais. A lampreia sempre foi uma das espécies cabeça de cartaz da gastronomia local, principalmente da freguesia de Ortiga e da zona da barragem.

Já lá vão uns anos, a autarquia organizou um festival da lampreia que não vingou porque era desenvolvida num único espaço. Agora, a Câmara lançou a ideia de um festival da lampreia nos nove restaurantes aderentes, parceiros nesta iniciativa.

A juntar ao petisco típico desta época do ano, em que o arroz de lampreia tem clientes fiéis, a autarquia entregou um presunto, marca "Mação", a cada restaurante para que estes possam incluir nas entradas. O objectivo é promover um dos produtos endógenos do concelho. Acresce dizer que ainda na semana passada foi desenvolvida uma acção de formação para os restaurantes sobre corte de presunto.

A juntar a esta entrada, a autarquia oferece ainda a cada cliente dos vários restaurantes, que degustem a especialidade uma entrada para o museu ou piscina local. “Uma forma de promover também os nossos equipamentos”, justificou o vereador Vasco Estrela na conferência de imprensa de apresentação do certame, que decorreu na segunda-feira, 20 de Fevereiro.

Voltando à lampreia, o prato mais confeccionado em Mação é o arroz de lampreia. Este é feito com o sangue do ciclóstomo, servido separadamente, e constitui uma iguaria muito procurada. Este ano, os pescadores de lampreia de Mação estão a lançar a varela, rede gigante em forma de cone, ou nos pesqueiros com tremalhos, que são redes com bóias, deslocaram-se da barragem de Ortiga para a zona de Barquinha e Tancos, mais a jusante. A construção do açude em Abrantes e os caudais baixos que o rio leva, face à ausência de chuva, são motivos apresentados para a deslocação dos pescadores.

Quanto ao Arroz de Lampreia pode ser encontrado nos restaurantes: Avenida (Mação); Casa Cardoso (Envendos); Casa Velha (Mação); Dona Flor (Penhascoso); Koisas dos Deuses (Mação); Lena da Barragem (Ortiga); O Cantinho (Mação); O Godinho (Mação) e o Solar do Moinho (Cardigos).



PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

ipsantarem mestrados

PUB

aguas ribatejo alpiarca

PUB

almeirim sopapedra

Quem está Online?

Temos 632 visitantes e 0 membros em linha