PUB

chamusca 6eventos

PUB

visite santarem

PUB

Entre os dias 1 de janeiro e 31 de julho, o Centro Hospitalar Médio Tejo (CHMT), que gere os hospitais de Torres Novas, Tomar e Abrantes, registou cerca de 1.100 internamentos de doentes em enfermaria devido à COVID-19.

wshoppingSlide thumbnail

Segundo números fornecidos pelo próprio CHMT, destes 1.110 casos, 73 doentes (6,9%) “passaram pela unidade de cuidados intensivos”, numa percentagem que compara com uma fatia acima dos 25% de necessidade de resposta de cuidados intensivos no acumulado dos dois primeiros anos de combate à pandemia”.

wshoppingSlide thumbnail

As novas variantes do vírus provocaram, inquestionavelmente, doença mais ligeira, explica o centro hospitalar, mas, “no entanto, é muito expressivo o acumulado total de casos”, uma vez que, “a título de comparação, estes 1.100 internamentos, registados nos sete primeiros meses do ano, confrontam-se com 1.733 internamentos COVID nos primeiros dois anos de pandemia (24 meses, de março de 2020 a março de 2022)”.
Há a lamentar este ano, segundo o CHMT, “246 mortes de doentes infetados com COVID-19”, em que a “mortalidade dos doentes internados foi mais expressiva na faixa etária dos 80-89 anos, com 105 óbitos”.
Todavia, é também nessa mesma faixa etária que foi mais expressiva a taxa de recuperação/alta (268 doentes recuperados, no total dos 7 meses nesta faixa etária).
Mais de 100 doentes são seguidos na consulta de acompanhamento da síndroma da “covid longa”.

 



PUB

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

aguas barco

PUB

agrande

Quem está Online?

Temos 602 visitantes e 0 membros em linha