PUB

chamusca gargalhadas

PUB

banner cms tagua

 PUBaguas santarem app

O Hospital de Vila Franca de Xira reorganizou as especialidades medicas, integrando num espaço do mesmo piso as especialidades de Cardiologia, Neurologia e Nefrologia. A separação do internamento dos doentes das especialidades médicas do Serviço de Medicina Interna é um ganho assumido por profissionais e que beneficia os doentes.

Slide thumbnail

“A reorganização dos Serviços, que inclui a Medicina Interna, a Cardiologia, a Neurologia e a Nefrologia, é algo que faz todo o sentido e que já deveria ter sido feito há mais tempo”, afirma Carlos Rabaçal, diretor do Serviço de Cardiologia do Hospital de Vila Franca de Xira,EPE.

Esta medida, segundo o diretor do Serviço de Cardiologia, “operacionaliza de uma forma mais correta aquilo que são as sinergias que se podem criar entre as várias Especialidades”.

Esta reorganização permite ainda uma maior proximidade entre a Cardiologia e a Neurologia, nomeadamente, através da componente tecnológica. “A Cardiologia e a Neurologia, a partir do momento que passam a dispor de uma tecnologia como a telemetria, que é importante para as duas áreas, é um sinal claro de melhoria na oferta de serviços aos doentes”, frisa Carlos Rabaçal.

Esta reorganização do internamento das Especialidade Médicas confere, igualmente, a diferenciação das equipas de profissionais de saúde das diferentes categorias afetas a estes Serviços.

Alexandre Silva, Neurologista e coordenador da Unidade de AVC afirma que outra das grandes mais valias desta “reorganização do internamento dos doentes da UAVC é, o aprofundar da diferenciação da equipa de enfermagem, que passa a estar mais focada em procedimentos diferenciados na prestação de cuidados aos doentes. Com esta reorganização, a UAVC reforça também o seu estatuto de Unidade diferenciada e autónoma na área da Neurologia, com particular enfoque nos doentes com AVC em fase aguda.

Adicionalmente, sem perder a fundamental articulação com a especialidade de Medicina Interna, aprofunda as suas ligações com especilidades afins em termos técnico-cientificos, como é caso da Cardiologia, contribuindo para uma abordagem mais abrangente e integrada no amplo espectro da doença vascular. Uma investigação mais precoce e mais célere contribuirá desta forma, para o reforço dos melhores cuidados a estes doentes.”

Ana Azevedo, diretora do Serviço de Nefrologia, destaca a atribuição de três camas de internamento à Especialidade de Nefrologia como um começo. “Este Hospital serve uma população muito grande, temos muitos doentes com insuficiência renal, aguda e crónica, muitos doentes em diálise e isto é o começo de um Serviço maior. Além do internamento, começámos a consulta externa em Nefrologia e, portanto, é um Serviço que está em claro crescimento”.

Quanto à reorganização do espaço a diretora do Serviço de Nefrologia afirma que “o facto de se ter atribuído camas e organizado as Especialidades num piso e, de certa forma, organizando também a Medicina Interna que fica em dois pisos, faz com que toda a gente trabalhe melhor”, reforça Ana Azevedo.

A reorganização operada junta num só piso o internamento das Especialidades Médicas com um total de 23 camas: 10 camas de Cardiologia, 10 camas de Neurologia e 3 camas de Nefrologia.



Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

scalhidraulica 2021

PUB

tagus docaria2021

PUB

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

ipsantarem mestrados

PUB

aguas ribatejo dia agua

PUB

cm almeirim bolsas

Quem está Online?

Temos 520 visitantes e 0 membros em linha