Imagem de Arquivo / Ilustrativa

A entrada em funcionamento do equipamento Tomografia Axial Computorizada (TAC), instalado na Unidade de Torres Novas, previsto para o próximo dia 8 de setembro, não acontecerá nessa data uma vez que a empresa instaladora, “Canon Medical”, ainda não conseguiu entregar a obra por completo e devidamente certificada.

wshoppingSlide thumbnail

Em comunicado, a unidade de saúde explica que “no decorrer da obra, e em inspeção realizada a 6 de agosto, foram detetadas algumas anomalias, que foram sendo corrigidas pela empresa responsável pela execução da obra, existindo informação que as mesmas estariam corrigidas a tempo de cumprir o previsto início do funcionamento do TAC a 8 de setembro”.

No entanto, algumas deficiências detetadas continuam por regularizar, o que levou o Conselho de Administração a adiar e entrada em funcionamento do equipamento de TAC.

O início da realização de exames TAC foi assim adiado para quando o Centro Hospitalar do Médio Tejo disponha de relatório final de inspeção em que conste que todas as anomalias do relatório inicial foram corrigidas.