Mais de um milhar de pessoa participou nas 25 sessões da Semana da Saúde Infantojuvenil do Hospital Distrital de Santarém (HDS), iniciativa feita em parceria com a Escola Superior de Educação de Santarém (ESE), que decorreu entre os dias 31 de maio e 2 de junho e contou com um painel de especialistas de referência nesta área.

Slide thumbnail

Subordinado ao tema “Crescer bem & Bem Crescer”, o evento online e totalmente gratuito contou com cerca de 500 inscrições, das quais resultaram mais de mil participações, número que na opinião de Paulo Sintra, diretor clínico do HDS, “demonstra o interesse e a preocupação da população a quem se destina em relação às temáticas que aborda”.

Aldina Lopes, diretora do Serviço de Pediatria do HDS, salientou que neste momento a maior dificuldade é manter as privações nos mais novos.” É muito importante que os jovens, os adolescentes e as crianças na medida da sua idade e compreensão percebam a sua responsabilidade no momento atual. Ensiná-los, consoante a idade, a avaliar o momento presente para serem eles a comandar os seus desejos e decisões”.

A responsável destacou ainda que a missão do Serviço de Pediatria do HDS é “cuidar, proteger, defender e tentar diminuir o sofrimento a todas as crianças e adolescentes, das suas famílias e, principalmente, das que mais sofrem e mais desprotegidas se encontram”.

“Sempre que o médico ou outros profissionais detetam situações de doença ou outras que não estão adequadas aos nossos cuidados, essa criança será enviada para as consultas de Pediatria”, acrescentou.

Hélia Dias, diretora da Escola Superior de Saúde de Santarém, considera que a participação da instituição de ensino dá a conhecer como a nível da investigação/ ensino estas temáticas têm sido trabalhadas, encontrando-se a escola disponível para quaisquer outros desafios”.