PUB

af banner jornal rede regional 600x108px

PUB

chamusca ascensao

PUB

banner comerciolocal

 PUBaguas santarem 600x110

O concelho de Rio Maior vai dar um passo atrás no processo de desconfinamento e regressar às regras da fase anterior, ou seja, as esplanadas vão ter de fechar, as lojas que abriram regressam à venda ao postigo e os ginásios, museus e afins vão ter de encerrar.

Slide thumbnail

Rio Maior é um dos quatro concelhos do pais que regressam às regras anteriores, por terem uma incidência superior a 240 casos por 100 mil habitantes. Os restantes três são Moura, Odemira, Portimão.

Já o concelho de Almeirim, que está acima dos 120 casos por 100 mil habitantes, está em situação de alerta e tem 15 dias para melhorar os seus números e baixar para baixo deste valor. Caso contrário e a evolução não seja positiva, daqui a 15 dias irá também regressar à fase anterior.

As medidas acabam de ser anunciadas pelo primeiro-ministro António Costa, que anunciou que a esmagadora maioria do país vai avançar no processo de desconfinamento, com a abertura do ensino secundário e superior, dos cinemas, teatros, auditórios e salas de espetáculos, das lojas de cidadão com atendimento presencial por marcação, de todas as lojas e centros comerciais.

No caso dos restaurantes, cafés e pastelarias (máximo de 4 pessoas ou 6 em esplanadas) poderão funcionar até às 22h00 durante a semana ou 13h00 aos fins de semana e feriados.

Abrem também as modalidades desportivas de médio risco e será permitida atividade física ao ar livre até seis pessoas. Os eventos exteriores com diminuição de lotação (5 pessoas por 100 m2) ficam autorizados e os casamentos e batizados poderão realizar-se com 25% de lotação das salas.

As escolas irão reabrir em todos os concelhos, mesmo nos quatro que vão fazer marcha atrás no desconfinamento, mas, no caso de Rio Maior e restantes três, está proibida a circulação entre concelhos. Ou seja, os residentes nestes municípios, salvo as exceções já conhecidas (trabalho, doença, etc) não poderão sair do concelho durante os fins semana e dias úteis.

Os concelhos vizinhos de Rio Maior, caso de Santarém, ao contrário do que chegou a ser equacionado, não terão restrições.

Na declaração que fez ao País, António Costa esclarece que as medidas impostas aos quatro concelhos com situação mais complicada não são um castigo mas uma medida de saúde pública adotada para segurança de todos.

O primeiro-ministro diz que é necessário um esforço acrescido de testar cada vez mais, identificar casos positivos e cadeias de transmissão e isolar os infetados de forma a poder conter a pandemia o mais rapidamente possível.

As medidas entram em vigor a 19 de Abril.

Veja AQUI o documento de apoio à comunicação de António Costa.



PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

ipsantarem mestrados

PUB

aguas ribatejo alpiarca

PUB

almeirim sopapedra

Quem está Online?

Temos 699 visitantes e 0 membros em linha