PUB

banner chamusca covid mata

PUB

nersant business +2

PUB

cms covid 2021b

PUB

clickaporta

O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) criou mais uma enfermaria com 26 camas para aumentar a capacidade de internamento para doentes Covid-19, totalizando 130 camas, neste momento.

Slide thumbnail

No que se refere aos cuidados intensivos, o centro aumentou mais cinco camas, “totalizando agora 16 camas em Medicina Intensiva para doentes Covid-19”, segundo se lê num comunicado de imprensa do CHMT.
“Esta extensão de atividade encontra-se contemplada no «Plano de Contingência» para fazer face à pandemia e na sequência da decisão da tutela, quando atribuiu uma afetação de 197 camas a este Centro Hospitalar para tratamento de doentes covid em enfermaria”, explica o mesmo documento.
Para proceder a este aumento, “tornou-se inevitável a transferência do Serviço de Ortopedia para a Unidade Hospitalar de Tomar, a exemplo do que aconteceu na primeira fase da Pandemia, o que ocorreu este fim-de-semana”.
Em consequência do aumento de 11 para 16 da capacidade de camas para a Medicina Intensiva, “foi necessário transferir profissionais dos blocos operatórios para o Serviço de Medicina Intensiva, o que levou à suspensão da atividade cirúrgica, com exceção das cirurgias inadiáveis, urgentes e emergentes”, acrescenta o comunicado.
No entanto, nos próximos dias e tendo em conta a normalização do funcionamento mediante estas alterações, o CHMT “procurará avaliar as condições para manter alguma atividade cirúrgica corrente” nas unidades de Tomar e Torres Novas.



PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

Aguas Ribatejo Atendimento 012 222

Quem está Online?

Temos 669 visitantes e 0 membros em linha