PUB

banner chamusca alice

PUB

banner cms riscos

Imagem de arquivo / Ilustrativa

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) da Lezíria vai criar, durante o mês de outubro, em todos os seus concelhos de influência, um serviço com atendimento para os doentes com patologias respiratórias, incluindo a Covid-19.

Slide thumbnail

Em comunicado, o diretor executivo do ACES Lezíria, Carlos Ferreira, explica que "na prática, passaremos a ter ADR-C, (Áreas Dedicadas a Infeções Respiratórias na Comunidade), deixando de existir a ADC-C (Área Dedicada a Doentes Covid na Comunidade), que no caso deste ACES se localiza, presentemente, em Santarém e destina-se a toda a população".

Esta medida é justificada pela circunstância de, a curto prazo, podermos encontrar-nos numa situação em que, a par do vírus que gerou a atual situação pandémica, poderem começar a circular outros, nomeadamente os responsáveis por outras infeções respiratórias, como seja a gripe.

O ACES Lezíria serve uma população de cerca de 200 mil habitantes, dos quais, anualmente, aproximadamente 140 mil se deslocam às suas unidades situadas nos concelhos de Almeirim, Alpiarça, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra e Santarém.



Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

Scalhidraulica

Quem está Online?

Temos 1021 visitantes e 0 membros em linha