A Câmara de Santarém e a Escola Superior de Educação, do Instituto Politécnico de Santarém (IPSantarém) juntaram estratégias de rentabilizar recursos humanos, conhecimentos, equipamentos e matérias-primas para produzir viseiras, essenciais à prevenção do Covid-19.

Slide thumbnail

Esta parceria junta o trabalho que o Laboratório de Fabricação Digital e Prototipagem Rápida (FABLAB), do Instituto Politécnico de Santarém está a desenvolver, utilizando também as quatro impressoras que estão alocadas às Salas do Futuro dos Agrupamentos de Escolas do Concelho de Santarém, de modo a aumentar a produção de viseiras de proteção individual e permitir ainda o fabrico de adaptadores para máscaras e/ou outros acessórios.

Recorde-se que o Município de Santarém já adquiriu 5.000 viseiras de proteção facial que distribuiu por várias entidades do Concelho: IPSS, Corporações de Bombeiros, Cruz Vermelha, Hospital Distrital de Santarém, Forças de Segurança e Serviços Municipais.