PUB

chamusca monologos penis

PUB

insantarem2022

PUB

cortes2022

PUB

clickaporta

PUB

 PUBpiscinas 2022

 PUBfestas mocarria 2022

A cultura do olival ocupa atualmente cerca de 380 000 ha de área cultivada no país, sendo que a região do Alentejo corresponde aproximadamente a 55% da área total nacional de olival. A implementação de medidas de uso eficiente de água é uma realidade no sector agrícola e a vulnerabilidade decorrente dos cenários de alterações climáticas torna este desafio ainda mais ambicioso.

wshoppingSlide thumbnail

Na região do Alentejo a cultura do olival consome, em média, cerca de 2 750 m3/ha de água, representando um consumo anual de 575 milhões de m3 de água. Assim, assume-se como relevante o principal objetivo deste projeto, que será a transferência de conhecimento e capacitação dos agricultores para a realização de práticas de rega mais eficientes, com o apoio das tecnologias de monitorização atualmente existentes, perspetivando-se um aumento da eficiência de uso de água entre 20% a 30%.

O projeto “H2Oliva”, liderado pela Escola Agrária de Santarém, foi desenvolvido em co-promoção com a Associação de Agricultores dos Ribatejo, o Agrupamento de Produtores “Azeitonices”, “Terrapro” e “Casa Relvas”, para a promoção e demonstração de práticas de gestão de água da rega, com o apoio das tecnologias de monitorização. Serão realizadas 9 ações de demonstração em 3 campos experimentais localizados na Vidigueira e em Santarém.

No campo demonstrador, onde se encontram implementadas boas práticas de gestão de rega há vários anos, será possível observar o resultado do uso das tecnologias de monitorização e serviços de aconselhamento existentes.

Para que se alcance mais produtores e para demonstrar a facilidade e praticabilidade de utilização destas tecnologias, para um uso mais eficiente de água, serão envolvidos dois produtores adicionais (trainees), com diferentes graus de utilização e implementação tecnológica. O acompanhamento das ações de demonstração será realizado por grupos de 15 a 25 agricultores visitantes, associados da Azeitonices e da Associação de Agricultores do Ribatejo, estando igualmente aberta a outros produtores que manifestem interesse.

Este projeto é financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian no âmbito do concurso de apoio à demonstração na gestão da água da rega, que visa a valorização da água no setor agroalimentar.

Margarida Oliveira, Subdiretora da Escola Agrária de Santarém

 



cimlt 2022

PUB

scalhidraulica 2021

PUB

PUB

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

armyaqua

PUB

almeirim adocao

Quem está Online?

Temos 695 visitantes e 0 membros em linha