Entre os dias 29 de julho e 1 de agosto, o IPSantarém acolheu os atletas da 13.º Volta a Portugal de Cadetes nas suas instalações na cidade de Santarém.

Slide thumbnail

Numa ação com responsabilidade dos SAS (Serviço de Ação Social), o IPSantarém recebeu nas suas instalações 19 equipas (das 21 em prova) num total de 120 atletas com as suas equipas técnicas divididas pela residência Andaluz (13 equipas) no Campus Andaluz e pela residência de São Pedro (6 equipas) na Escola Superior Agrária, alojando-os e fornecendo refeições numa ação voluntária de responsabilidade social da Instituição de Ensino Superior.

A responsabilidade de toda a logística ligada à acomodação dos atletas e equipas ficou a cargo da professora Ana Cunha, coadjuvada por Irina Guerreiro.

Conforme declarações da administradora dos SAS, Isabel Barroso, “ao todo foram cerca de 30 pessoas, entre diretores, funcionários e estudantes que participaram nesta missão de acolhimento ao pelotão ciclista, missão esta que implica uma enorme logística”, acrescentando ainda que “o Instituto Politécnico de Santarém quer ser, cada vez mais, um parceiro da comunidade local e regional”.

O pelotão de jovens iniciou a competição no dia 30 de julho, pelas 15H00, com finalização das 3 etapas no domingo, dia 1 de agosto. Os cadetes correram pelos concelhos de Santarém, Rio Maior, Almeirim, Alpiarça, Benavente e Coruche, num total de 244,8kms, sempre acompanhados por Sérgio Sousa, diretor desportivo da Federação Portuguesa de Ciclismo e antigo ciclista, que foi também o diretor desta prova.

Em declarações, Sérgio Sousa afirma que “todos gostaram destes três dias nas instalações do Politécnico de Santarém” acrescentando que “foi uma espécie de casamento perfeito.”

Tiago Santos, do Alcobaças CC/Crédito Agrícola, foi o grande vencedor da Volta a Portugal de Cadetes, cortando a meta junto à Praça de Touros, em Santarém, na etapa que finalizou o terceiro e último dia da prova, e subindo ao pódio acompanhado pela administradora dos SAS, Isabel Barroso, no momento em que é entregue a camisola do IPSantarém ao ciclista vencedor.

Foi com enorme satisfação que o IPSantarém acolheu os atletas durante estes 4 dias. Promessas futuras do ciclismo em Portugal e inspirações para as suas gerações e gerações vindouras, são eles o nosso futuro.