PUB

banner chamusca covid mata

PUB

cms covid 2021b

Basílio Horta e Mira Amaral são os dois oradores convidados da conferência “Crise, Europa, política económica e Portugal”, que se realiza na quinta-feira, 1 de Março, a partir das 21 horas, no hotel Cinquentenário, em Fátima.

Este debate, aberto ao público que queira comparecer, é organizado pelo gabinete de estudos da Federação Distrital de Santarém do PS.

No dia 10 de Março, a federação socialista do distrito e a comissão política concelhia do PS de Santarém realizam o Fórum Santarém, para o qual estão convidados todos os militantes e cidadãos que foram apresentados a sufrágio em listas do PS nas últimas eleições autárquicas.

Esta iniciativa realiza-se no teatro Sá da Bandeira, a partir das 14h30, e está prevista a presença de António José Seguro, o secretário-geral do PS, na sessão de encerramento.

O coordenador nacional do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã, vai marcar presença num seminário sobre pobreza que se realiza na Casa do Brasil, em Santarém, no sábado, 3 de Março, a partir das 15 horas.

Esta iniciativa é organizada pela concelhia do BE / Santarém, inserida na “campanha contra a pobreza” que esta estrutura iniciou em Setembro de 2011.

Desde então, os responsáveis locais do Bloco têm tentado fazer um roteiro da pobreza no concelho para conhecer a realidade concreta de quem lida com os problemas sociais.

Até ao momento, o BE já teve reuniões com a União dos Sindicatos, a Santa Casa da Misericórdia de Santarém, o bispo da diocese scalabitana e a Caritas, corporações de bombeiros e a Liga dos Amigos do Hospital, entre outras entidades, e prepara-se para apresentar “propostas de intervenção social, em acções institucionais e acções de rua”, segundo o que adianta no comunicado sobre este seminário.

Além de Francisco Louçã, esta iniciativa contará também com as intervenções de Heloísa Perista, especialista em empresas sociais, género e pobreza do Centro de Estudos para a Intervenção Social, Eduardo Rodrigues, um especialista no Rendimento Social de Inserção (RSI) que é vereador do PS em Vila Nova de Gaia e professor na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, e Célia Rafael, educadora social no Centro de Solidariedade Social de Nossa Senhora da Luz, na Póvoa de Santarém.

A Câmara Municipal de Abrantes vai ceder um terreno de 50 mil metros quadrados para permitir a expansão da fábrica da Mitsubishi.

Recorde-se que a unidade de produção da Mitsubishi Fuso Truck Europe (MTFE), localizada na freguesia do Tramagal, recebeu recentemente uma declaração de interesse estratégico por parte do Ministério da Economia.

A empresa vai beneficiar de um sistema de incentivos à inovação para um investimento que rondará os 36,7 milhões de euros, que vai permitir manter os actuais 322 postos de trabalho e criar 353 novos empregos.

A MTFE, do universo do grupo alemão Daimler, prevê um volume de vendas de 3,3 milhões de euros de 2011 a 2020, em valores acumulados.

A decisão do município foi tomada na última sessão da Assembleia Municipal, que se realizou na sexta-feira, 24 de Fevereiro, considerando o interesse estratégico da fábrica da Mitsubishi para o concelho e para toda a região norte do Ribatejo.

É na unidade do Tramagal que é produzido o camião ligeiro Canter, campeão de vendas da Mitsubishi, um modelo que é exportado para mais de 30 países na Europa. O novo investimento será centrado na produção do “Lift”, o novo modelo da Canter, e na produção dos chamados “CKD Kits”, conjuntos de partes automóveis que depois são montados nas unidades fabris de destino. 

Mais artigos...

Slide thumbnail

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

Aguas Ribatejo Atendimento 012 222

Quem está Online?

Temos 334 visitantes e 0 membros em linha