PUB

arripiado2

PUB

insantarem2022

PUB

visite santarem

PUB

banner alpiagra

PUB

A morte de muitos peixes durante o Verão é um dos problemas ambientais que afeta a Barragem de Magos, pelo que os órgãos políticos do concelho de Salvaterra de Magos pedem uma intervenção do governo central.

wshoppingSlide thumbnail

A Associação de Regantes e Beneficiários do Vale do Sorraia viu recentemente ser aprovada uma candidatura ao PDR2020, à medida “Melhoria das Condições de Segurança das Barragens”, no valor de 4,1 milhões de euros, e que integra também a Barragem de Magos.
A candidatura, financiada a 100%, inclui todos os órgãos da barragem, o descarregador de cheias, a descarga de fundo e tomada de água, a substituição das comportas, a implementação do controlo à distância, a instalação de sonda de medição do nível da albufeira e do medidor de caudal na conduta de descarga.
Neste sentido, o presidente da Câmara de Salvaterra, Hélder Esménio, e o presidente da União de Freguesias, Manuel Bolieiro, reuniram com a Secretaria de Estado da Agricultura e com a Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural para procurar soluções para o problema.
Segundo a autarquia, a intervenção deveria incluir a dragagem do leito da Barragem de Magos, se tecnicamente aconselhável.
Segundo uma nota de imprensa da Câmara de Salvaterra, realizou-se esta segunda-feira, 27 de junho, uma reunião de trabalho com a DGADR, a Associação de Regantes, a Câmara e a União de Freguesias, na Barragem de Magos.
Nesta visita ao local dos trabalhos, o diretor geral da DGADR informou que já tinha procurado sensibilizar a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) para o problema ambiental, recomendando o contato direto com o Ministério do Ambiente.
O responsável disse ainda que não é elegível no âmbito da candidatura ao PDR a integração de bombas de recirculação da água, por ser matéria de foro ambiental e não agrícola, mas que o pontão será feito de novo e alargado para a dimensão transversal que a via municipal tem, e que ao longo desta serão colocados rails de proteção que melhorem a segurança da circulação automóvel.
Também vai ser totalmente reabilitado o edifício existente, posto de observação e comando, tendo o Presidente da Câmara solicitado que pudesse ser considerada a hipótese de numa das salas deste edifício ser criado um Núcleo Museológico que contasse a história desta obra de rega, a mais antiga (1938) do País, e que ao mesmo tempo fizesse uma breve descrição do modo de operação, ajudando os alunos das escolas que ali se deslocassem em visitas de estudo.

 



PUB

PUB

scalhidraulica 2021

PUB

PUB

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

armyaqua

PUB

cinema almeirim

Quem está Online?

Temos 590 visitantes e 0 membros em linha