PUB

chamusca gargalhadas

PUB

banner cms tagua

 PUBaguas santarem app

Ricardo Gonçalves e Sérgio Tormenta

O PS de Santarém vai recorrer para o Tribunal Constitucional da recontagem de votos realizada após o empate com o PSD na freguesia de Pernes.

Slide thumbnail

A garantia foi dada à agência Lusa esta quinta-feira, 30 de setembro, por Manuel Afonso, que liderou a lista do Partido Socialista à Câmara Municipal de Santarém, que disse que o partido tem “muitas dúvidas” sobre o boletim de voto que foi validado para o Partido Social-Democrata, colocando este como vencedor da eleição de domingo em Pernes.

Nas eleições autárquicas de domingo, PS (que liderava a junta no mandato cessante) e PSD empataram com 345 votos cada, tendo a recontagem realizada com mediação do Tribunal de Santarém atribuído mais um voto à lista social-democrata e invalidado o outro voto que estava em dúvida e que, a ser validado, repetiria o empate.

“Discordamos da validação realizada. Temos muitas dúvidas” sobre o boletim que passou a ser contabilizado, disse.

Manuel Afonso adiantou que, assim que for publicado o edital, o PS vai exercer o direito de recurso junto do Tribunal Constitucional, o qual terá 48 horas para se pronunciar.

A eleição para a Assembleia de Freguesia de Pernes registou um empate entre PSD e PS (345 votos cada). Se se confirmar a vitória do PSD, será a primeira vez que os sociais-democratas presidirão a esta freguesia. Nestas condições, Sérgio Tormenta (PSD) será o presidente.

Na eleição de domingo, o PS venceu as eleições para a Assembleia Municipal e para a União de Freguesias da Cidade de Santarém (que reúne praticamente metade dos eleitores do concelho), mas não conseguiu destronar o PSD da Câmara Municipal.

O executivo municipal escalabitano continuará a ser liderado pelo social-democrata Ricardo Gonçalves, o qual, contudo, perde, neste terceiro mandato, a maioria absoluta, passando a ter quatro eleitos em nove, sendo os restantes lugares ocupados pelo PS (quatro vereadores) e pelo Chega (um eleito).

Na Assembleia Municipal, o PS conquistou 34,6% dos votos (11 eleitos), o PSD ficou com 32,9% (10 deputados), o Chega 8,6% (dois), a CDU (PCP/PEV) 7,8% (dois), o Bloco de Esquerda 4,7% (um) e o CDS-PP 3,1% (um), a que se juntarão os presidentes de junta de freguesia.



Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

scalhidraulica 2021

PUB

tagus docaria2021

PUB

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

ipsantarem mestrados

PUB

aguas ribatejo dia agua

PUB

cm almeirim bolsas

Quem está Online?

Temos 857 visitantes e 0 membros em linha