PUB

chamusca banner comercio

PUB

banner comerciolocal

 PUBaguas santarem 600x110

O ex-presidente da Câmara Municipal de Azambuja, Joaquim Ramos, faleceu esta sexta-feira, 5 de março, aos 70 anos, devido ao agravamento dos problemas de saúde que o afetavam há vários anos e que impediram que concluísse o último mandato.

Slide thumbnail

Natural de Azambuja, onde nasceu a 22 de novembro de 1950, Joaquim Ramos começou por realizar dois mandatos como presidente da Assembleia Municipal de Azambuja, entre 1993 e 2001. Nas eleições de 2001, foi eleito como presidente da Câmara Municipal, cargo para o qual veio a ser reeleito nas eleições autárquicas de 2005 e 2009, mandato que não completou.

Na sua carreira profissional, Joaquim Ramos foi quadro superior de topo ao serviço da Câmara Municipal de Lisboa em diversos setores ligados ao ambiente, tendo sido igualmente professor universitário, na área da economia na qual era licenciado. No seu perfil mais pessoal, a seguir ao valor maior da família, eram-lhe conhecidas quatro grandes paixões: as viagens, a pintura, a leitura e a escrita.

A Câmara de Azambuja já decretou três dias de luto municipal e colocou a bandeira do município a meia haste.

As cerimónias fúnebres terão lugar na capela do cemitério novo de Azambuja, pelas 15h00 de sábado, dia 6 de março, seguindo para cremação no cemitério de Póvoa de Santa Iria. Devido à presente situação de pandemia, nas cerimónias apenas será permitida a presença de familiares diretos.



ideiasdenegocios

 

Slide thumbnail

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

aguas ribatejo alpiarca

PUB

almeirim testes

Quem está Online?

Temos 492 visitantes e 0 membros em linha