PUB

banner chamusca covid mata

PUB

cms covid 2021b

A concelhia do Partido Socialista (PS) de Santarém acusa o atual executivo da câmara municipal (de maioria PSD) de destruir o património municipal. Num comunicado enviado à Rede Regional este domingo, 7 de fevereiro, os socialistas manifestam a sua indignação como estado a que chegou a praça Sá da Bandeira, também conhecida por Largo do Seminário.

Slide thumbnail

“Não bastando a ausência de qualquer visão estratégica para que o concelho não tenha ficado para trás em relação a quase todos os outros, e tendo deixado cada recanto da cidade abandonado a si próprio, jardins, calçadas, passeios, etc, a Câmara PSD, inspirada pelo seu ritmo vazio de ideias, cortou os delimitadores de mármore do Largo do Seminário, abrindo espaço a que este se transforme num «circulódromo» de automóveis e retirando uma das cargas de maior expressão estética numa das salas de visitas da cidade de Santarém”, refere o comunicado socialista.

O mesmo documento denuncia ainda a danificação de alguns dos mosaicos de mármore, enchidos de cimento e lamenta que, 16 anos depois do espaço ter sido renovado, não se tenham substituído as peças danificadas, limpado as pedras e o mobiliário urbano nem tratado dos espaços verdes.

“Seria dinheiro mais bem empregue do que esta utilização demolidora que urge mudar nas próximas eleições autárquicas”, diz o comunicado do PS, que já anunciou que o ex-vereador e atual presidente da concelhia, Manuel Afonso, será o cabeça de lista socialista à Câmara de Santarém.

Recorde-se que o presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, anunciou recentemente, em reunião com os comerciantes e moradores, que o espaço vai ser alvo de uma intervenção onde as bolas irão ser substituídas por floreiras e serão colocados novos bancos e mais iluminação.



Slide thumbnail

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

Aguas Ribatejo Atendimento 012 222

Quem está Online?

Temos 462 visitantes e 0 membros em linha