Depois de ter cancelado a 45ª edição da Feira Nacional do Cavalo, que estava prevista para o período entre os dias 6 e 15 de novembro, a Câmara Municipal da Golegã decidiu proibir a realização de praticamente todas as atividades que estão associadas à celebração do São Martinho na vila.

Slide thumbnail

Em edital publicado no passado dia 1 de outubro, a autarquia determina a proibição de todas as provas desportivas ou eventos equestres, a circulação de equinos entre as 20 e as 8 horas da manhã, a instalação de pontos de venda ambulante ou comércio, e a abertura de quaisquer estabelecimentos provisórios de restauração e bebidas, no período indicado.
Dada a situação de contingência no combate à pandemia da COVID-19, a decisão da autarquia tem por objetivo evitar eventuais ajuntamentos de pessoas e de animais durante a semana do São Martinho, tendo em conta a tradição da Golegã na comemoração desta efeméride.