PUB

chamusca natal

PUB

cimt slideshow

PUB

reino natal

PUB

elgalego 2019

A aposta na educação e nas potencialidades endógenas da região, aproveitando a proximidade a Lisboa, são as grandes prioridades para o futuro do Cartaxo.

Slide thumbnail

A ideia foi transmitida esta sexta-feira, 31 de outubro, pelo presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro, durante a cerimónia de inauguração da Feira dos Santos e ExpoCartaxo, que se realizam na cidade até domingo.

Destacando o papel e o trabalho de todos os funcionários que “diariamente trabalham e dão o melhor de si pelo Cartaxo – tudo o que podem ver aqui foi feito com a prata da casa”, Pedro Ribeiro não escondeu a sua satisfação pela aprovação, horas antes, do orçamento da autarquia para 2020, que permite ao município continuar a apostar nas áreas da educação e da cultura como grandes prioridades.

“Que ninguém tenha dúvidas. Só com um investimento forte nestas áreas poderemos valorizar os nossos filhos e os nossos netos, pois só assim lhes daremos as ferramentas necessárias para se realizarem, para ingressarem nas nossas empresas e acrescentarem valor ao que de melhor se faz no nosso concelho”, disse Pedro Ribeiro, lembrando as obras recentemente terminadas no Centro Escolar de Pontével e o investimento futuro nas escolas e jardins de infância do concelho.

Pedro Magalhães Ribeiro anunciou ainda a realização, em 2020 da Feira do Futuro. Este certame vem dar resposta às necessidades que o autarca diz sentir por parte dos empreendedores locais, “uma grande vontade de continuar a investir na nossa terra, mas que esbarra na falta de recursos humanos especializados”.

“Num concelho que precisa criar riqueza, os recursos humanos têm de estar preparados para dar resposta”, e esta Feira do Futuro, ao juntar empresários, investidores, todo o universo escolar e de ensino, centros de emprego e formação profissional, “permitirá que instituições e empresas trabalhem em conjunto para uma solução que dá resposta a necessidades mútuas e ao interesse da nossa comunidade”, disse.

“Queremos ser o Ribatejo às portas de Lisboa, este é o nosso desígnio”, afirmou ainda o presidente da câmara. “Temos todas as qualidades para uma aposta forte no turismo, temos campo, temos qualidade de vida, temos o rio Tejo, a nossa gastronomia, o nosso folclore, os nossos cantares, o nosso Fandango – cuja candidatura a Património Cultural Imaterial da Humanidade, lideramos”, acrescentou.

“E temos o nosso vinho, de grande qualidade, produzido nas nossas terras”, destacou o autarca, lembrando que, atualmente, o enoturismo é responsável pela maior fatia de turistas que escolhe Portugal como destino. “São cerca de 2,5 milhões de turistas que nos procuram pela nossa gastronomia e pelo nosso vinho, e nós temos de saber dar resposta”, disse.



PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

anuncio2020

PUB

cmcartaxo natal

PUB

PUB

politeama rainhadaneve

Quem está Online?

Temos 326 visitantes e 0 membros em linha