Qui, 18 Abril 2024

PUB

RODAPE-CONTEUDOS

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

6 Rapidinhas, Evangélicas e Incompletas

mario santiago

Mário Santiago

I – Sampaio da Nóvoa faz-me lembrar uma espécie de Clarice Lispector da política. Poucos são aqueles que conhecem a sua obra (eu incluído) mas muitos se fascinam com as mensagens inspiradoras retiradas dos livros e que infestam as redes sociais. Os sound bites apelativos e poderosos estão na moda e assim como os pastores das seitas espalham a fé e comandam os seus rebanhos, também o candidato vai cativando…

II – A Igreja Maná não é bem-vinda ao Reino do PDR, assim o disse Marinho e Pinto. Que mania dos pastores não quererem rezar no mesmo altar! É como a recente proliferação de partidos de esquerda em que o número de siglas é um polinómio inversamente proporcional ao número de fiéis de cada Igreja. Lá no fundo o Deus é o mesmo, mas os dízimos são diferentes…

III – Por falar em seitas, aqui mesmo no Ribatejo, na terra do grande republicano José Relvas, há quem construa verdades alternativas. Um dos exemplos é relativo ao estado conspurcado da Barragem dos Patudos. As águas estão esverdeadas, cheiram mal, os peixes morrem diariamente às centenas, existem análises do Instituto Português do Mar e Atmosfera que alertam para a presença de neurotoxinas e hepatotoxinas mas o executivo do PCP esconde a cabeça na areia, promove concursos de pesca e canoagem, não alerta a população, e até afirma nos órgãos autárquicos que tudo está bem até para a prática balnear (!). O episódio seguinte está ainda para escrever, mas já se assume que algo dramático terá que acontecer para que alguém apresente uma solução…

IV – Ainda em Alpiarça, uma IPSS conotada intimamente com o PCP, decidiu-se de forma unilateral, abusiva, perversa e incompreensível pelo aumento de quase 20% na mensalidade dos utentes do Lar. Quem pagava 550 euros, pagará 650 euros. Não consigo imaginar a angústia de um idoso que não tendo recursos próprios e dependa da ajuda financeira da família, se sinta como uma espécie de fardo para a família. Também gostava de perceber como as famílias irão aumentar o seu rendimento mensal em mais 100 euros para manterem os familiares no Lar. Haja decoro, senhores. Trata-se da dignidade humana…

V – “Hoje em dia assaltar uma capoeira é um problema” – assim escreveu Aquilino Ribeiro no Romance da Raposa, em 1924. Se ainda há poucos anos atrás era manifestamente improvável ver um banqueiro, um ex-primeiro ministro ou alguém ‘importante’ na prisão (mesmo que preventiva), hoje em dia já não é assim. Por isso mesmo, parabéns à Justiça Portuguesa. Que não seja cega, ‘tenha olho’, que os culpados tenham a pena que merecem, e acima de tudo que desmotive futuros prevaricadores, porque os outros já não irão devolver as galinhas…

VI – Ser Empreendedor e/ou Empresário? – No Fórum de Empreendorismo 2015 que decorreu recentemente em Santa Maria da Feira, o vice-presidente da CGD referiu não se lembrar de se registarem tantos novos negócios como atualmente. Esta afirmação é mais um sinal inequívoco de que a economia nacional está a ganhar um novo fôlego. Mas se ser empreendedor está na moda e ter uma Startup é sinal de empreendedorismo, não significa propriamente que muitos deles saibam ser empresários. E é nesta última condição que se determinará a longevidade desses negócios…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB