PUB

chamusca covid continua

PUB

banner cms juntos

Rui Barreiro

rui barreiro

Muitos temas me bailam hoje na cabeça para partilhar convosco. Podíamos falar de crematórios e cemitérios ou casas mortuárias ou de política desportiva e infraestruras ao serviço da população do concelho mas esses são temas que, mais tarde ou mais cedo, serão objecto de decisões políticas e, por isso, vou hoje deixá-los de fora da minha reflexão de hoje.

Estamos na semana em que se vai iniciar mais uma edição da Feira do Ribatejo e também Feira Nacional de Agricultura. Esta Feira tem tudo para ser um sucesso. Do ponto de vista técnico, pelos encontros temáticos e colóquios especializados, pelo número de expositores e pela expectativa de visitantes que se prevê bastante elevada. Vamos ter na inauguração o Presidente da República que faz muito bem em voltar a Santarém depois de cá ter estado no dia 25 de Abril. Aliás, presume-se que será elevada a participação política mesmo em ano não eleitoral. A Feira é o maior acontecimento de Santarém ao longo do ano. Tem impactos económicos directos e indirectos muito relevantes em várias áreas e do ponto de vista social é um evento único.

Tenho muitas ligações afectivas à Feira do Ribatejo. Desde pequeno que me habituei a usufruir desta Festa, mesmo quando para mim significava trabalho e uma boa altura para ganhar uns “cobres” extras que faziam sempre jeito e melhoravam o meu rendimento disponível para o Verão que se aproximava. Mais tarde acabei por ter ligações directas à sua organização por força das funções públicas que desempenhei e continuei a apaixonar-me ainda mais pela nossa Festa, pela nossa Feira. Na verdade sou um “amante” fiel da nossa Feira e por isso mesmo suspeito no elogio que lhe faço e na alegria que ela me provoca. Julgo que Santarém deveria repensar a sua ligação umbilical a esta data e repensar o feriado municipal colocando-o nesta ocasião. Faz mais sentido que a Festa do Concelho se una a uma Festa Nacional e Ribatejana. Aqui fica a sugestão para os políticos autárquicos pensarem e decidirem sobre o assunto.

Políticos à parte fica aqui o meu singelo convite a todos para virem a Santarém durante a Nossa Feira. Na segunda-feira, dia 6, a entrada é livre e não haverá desculpa financeira para justificar a ausência. Se quiser acompanhar a inauguração deve estar a postos no sábado, dia 4, pelas 11 e 30h e poderá acompanhar Marcelo Rebelo de Sousa e Capoulas Santos na visita de abertura à Feira Nacional de Agricultura/Feira do Ribatejo que este ano tem como tema principal a fruta portuguesa e que permite a entrada gratuita a quem tenha, no seu nome, a referência a esse tema. Venha, divirta-se e adopte o Ribatejo por uns tempos. Não se vai arrepender!



Comentários   

0 #1 susana veiga branco 02-06-2016 10:45
Curiosamente, também muitos temas "me bailaram" na cabeça, mas tínhamos de escrever sobre o mesmo sem sabermos um do outro... é o amor à feira e à tradição criada por ela, é o amor a Santarém e ao Ribatejo a manifestarem-se sempre, na defesa de grandes valores! Abraço.
Citar

banner fiqueemcasa

 

PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

promo almeirim1

Quem está Online?

Temos 711 visitantes e 0 membros em linha