Qui, 13 Junho 2024

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Utilizadores do IC2 fazem marcha lenta de Alcobaça à Azambuja

O Movimento Marcha Lenta do IC2 vai realizar na manhã desta sexta-feira, 6 de março, um protesto no troço desta via que vai de Alcobaça à Azambuja, passando por Rio Maior.


Segundo a agência Lusa, que cita José Belo, porta-voz do movimento, a organização espera que o protesto seja “quatro a cinco vezes maior” do que a realizada em julho último, porque as pessoas “estão fartas” e determinadas a, se for preciso, avançar com protestos “todos os meses”.

“São 20 quilómetros de uma autêntica armadilha”, disse, salientando a perigosidade de circular neste troço do Itinerário Complementar (IC) 2, patente na média de oito mortes por ano, nos acidentes que se registam todas as semanas e nas ocorrências diárias de danos provocados em viaturas pelo mau estado da estrada.

O movimento considera vergonhoso que a Infraestruturas de Portugal se apresse a anunciar o lançamento do concurso público para a empreitada de requalificação deste troço do IC2 sempre que são anunciadas ações de protesto, lamentando que nas vésperas do protesto de julho tenha sido feito um telefonema a pedir para não avançar a marcha lenta porque o concurso seria lançado até ao final do ano e as obras arrancariam no primeiro trimestre de 2020, o que não aconteceu.

No passado dia 19 de fevereiro, a IP anunciou para este mês o lançamento do concurso público para a empreitada de requalificação do IC2/EN1 entre o nó da Asseiceira (Rio Maior) e a zona urbana de Freires (Alcobaça), no valor de 7,5 milhões de euros e um prazo de execução de 450 dias.

A marcha partirá às 10h00 de sexta-feira do café Bigodes, na Benedita (concelho de Alcobaça), em direção à rotunda de acesso à A1 em Aveiras, regressando ao ponto de partida, para onde está prometida uma refeição oferecida por empresários da região.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB