Ter, 16 Abril 2024

PUB

RODAPE-CONTEUDOS

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

PSP detém 5 suspeitos de burlas a idosos

Imagem de Arquivo / Ilustrativa
Imagem de Arquivo / Ilustrativa

A PSP anunciou esta segunda-feira, 27 de julho, a detenção de quatro homens e uma mulher suspeitos de, pelo menos, 13 burlas a idosos, cometidas essencialmente na Área Metropolitana de Lisboa, mas também no distrito de Santarém.

Segundo a polícia, os suspeitos, que terão lesado as vítimas em milhares de euros, têm idades entre os 21 e os 41 anos, e foram detidos no cumprimento de mandados de detenção e após uma investigação que durava há cerca de um ano,

O modo de atuação do grupo passava por identificar as vítimas, sobretudo homens de alguma idade e que aparentassem ser de classe média/alta, as quais eram depois abordadas pelos detidos, que se faziam passar por antigos conhecidos e amigos de familiares dos idosos, com o objetivo de ganhar a sua confiança e de recolher informação pessoal.

Posteriormente, os suspeitos diziam às vítimas que iam abrir uma loja de eletrodomésticos na zona, e que, em nome “do respeito e da consideração” pela amizade, ofereciam-lhes brindes promocionais, nomeadamente “descontos vantajosos” na compra de relógios ou de câmaras de filmar de aparente elevado valor, que na realidade não o tinham.

Após esta conversa, os suspeitos, por vezes sozinhos, outras vezes com um segundo elemento, dependendo da história apresentada às vítimas, dirigiam-se às caixas multibanco mais próxima e convenciam os idosos a levantarem o dinheiro. Há casos em que levantavam 200 ou 400 euros, sendo que o valor real dos supostos brindes/iscos rondava os 30/40 euros.

Outros dos métodos utilizados pelo grupo passava pela alegada venda de telemóveis de elevado valor a um preço mais acessível. Depois de mostrarem o aparelho topo de gama e da negociação concluída, o telemóvel era momentaneamente escondido. No momento da venda, em vez de as vítimas receberem o telemóvel, os suspeitos entregavam-lhes um pedaço de azulejo ou de sabão envolto numa caixa ou numa bolsa com as mesmas dimensões e peso do telemóvel.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB