Seg, 15 Julho 2024

PUB

RODAPE-CONTEUDOS

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Morreu o padre João Freitas

O padre João Forjaz do Monte e Freitas, presbítero da Diocese de Santarém, faleceu esta quinta-feira, 3 de outubro, na casa paroquial de Asseiceira, no concelho de Tomar, aos 79 anos.


O corpo do sacerdote estará a parir das 15h00 desta sexta-feira, dia 4, na igreja paroquial de Asseiceira, onde será celebrada missa de corpo presente às 19h30 de hoje.

As exéquias irão realizar-se amanhã, 5 de outubro, na igreja paroquial de Asseiceira, sendo presididas pelo Bispo de Santarém, com missa de corpo presente às 16h30, seguindo-se a sepultura no cemitério local, como era a sua vontade.

Segundo nota biográfica da Diocese de Santarém, o padre João Forjaz do Monte e Freitas nasceu a 7 de março de 1940, na Lapa, Lisboa, e foi ordenado presbítero em 15/08/1966, por D. Manuel Gonçalves Cerejeira, para o serviço da Diocese de Lisboa. Incardinou-se na Diocese de Santarém aquando da sua criação.

O P. João em 20/01/1967 foi nomeado Secretário de D. António de Campos, Bispo Auxiliar de Lisboa e Vigário geral para Santarém, que veio viver para Santarém.

Em 01/10/1969, após o falecimento do Sr D. António de Campos, foi para pároco de Chancelaria, Torres Novas.
Em 26/09/1979, pároco de Paialvo, Tomar.
Em 11/10/1983, pároco interino de Asseiceira, Tomar.
Em 14/08/1991, pároco e S. João da Ribeira, Azambujeira e Vila da Marmeleira.
Em 31/08/1993, acumula com as anteriores, a paroquialidade de Arrouquelas.
Em 18/09/1998, é nomeado pároco “in solidum” de Rio Maior, acumulando com o serviço nas outras paróquias da Vigararia que lhe estavam confiadas.
Em 27/09/1999, vai para pároco “in solidum” (moderador) da Paróquia da Sagrada Família do Entroncamento e dos Riachos, Torres Novas.
16/09/2002, acumula a nomeação anterior com a de pároco “in solidum” de Ulme e Chouto, Chamusca.
Em 21/10/2004, é nomeado assistente “in solidum” do Movimentos dos Cursos de Cristandade.
Em 06/09/2005, pároco de Asseiceira, Tomar.

“Homem de entrega total ao serviço da Igreja, generoso no serviço às comunidades e sempre disponível para ajudar os colegas. Partiu para a eternidade em consequência da doença pulmonar que o afetava e que ele combateu com todas as forças enquanto foi capaz. Terminou a sua caminhada terrena serenamente após ter recebido a Santa Unção pelas mãos do Bispo diocesano”, termina a referida biografia publicada na página de Facebook da Diocese de Santarém.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB