Qua, 29 Maio 2024

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Morreu Eugénia Lima

eugenia lima

A popular acordeonista Eugénia Lima, de 88 anos, morreu esta sexta-feira, 4 de Abril, ao final da tarde, na sua residência, em Rio Maior. A notícia é avançada pela agência Lusa que cita fonte próxima da família.

Eugénia Lima, filha de um afinador de acordeões, estreou-se aos quatro anos no cinema e cedo se tornou um caso de sucesso. Em 1943 começou a gravar a solo, tendo registado ao longo da carreira mais de uma dezena de discos em que gravou temas populares, de diversos compositores, versões para acordeão e várias composições de sua autoria.

Em 1947 venceu o concurso de acordeonistas da Emissora Nacional e, em 1956, fundou a Orquestra Típica Albicastrense.

Tendo-lhe sido recusada a entrada no Conservatório Nacional de Lisboa, aos 13 anos, aos 55 recebeu o diploma do Curso Superior de Acordeão, na categoria de Professora, pelo Conservatório de Acordeão de Paris.

Em setembro de 1986, foi condecorada pelo Ministério da Cultura com a medalha de Mérito Cultural. Ao longo da carreira somou vários prémios e condecorações e, em dezembro de 2011, com 85 anos, a acordeonista, natural de Castelo Branco, foi homenageada em Castro Marim, no Algarve, numa sala esgotada na qual participaram 81 acordeonistas. Na ocasião, Eugénia Lima revelou que sofria da doença de Parkison.

Também segundo a agência Lusa, o velório de Eugénia Lima realiza-se no sábado, na capela mortuária de Rio Maior, onde, no domingo, será rezada missa de corpo presente, seguindo-se o funeral.

Uma resposta

  1. Eugenia Lima para mim a maior acordeonista de sempre que lembro muito bem ..Uma Senhora fantastica.Para a familia envio nesta hora de dor os meus sentidos pesames

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Uma resposta

  1. Eugenia Lima para mim a maior acordeonista de sempre que lembro muito bem ..Uma Senhora fantastica.Para a familia envio nesta hora de dor os meus sentidos pesames

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB