Dom, 3 Março 2024

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Matou irmão à facada e esperou três horas para chamar socorro

O homem que assassinou o próprio irmão numa aldeia perto de Pernes, concelho de Santarém, desferiu sete facadas no corpo da vítima, tendo depois tomado banho e esperado cerca de três horas para chamar os meios de socorro.


Estes factos constam do Despacho de Acusação do Ministério Público (MP), que imputa ao agressor, Amadeu Duarte, um crime de homicídio e outro de detenção de arma proibida.
O caso remonta a 4 de abril de 2022, quando os dois irmãos encetaram uma violenta discussão na casa na aldeia da Moita, Pernes, onde residiam sozinhos desde que a mãe foi internada num lar de idosos.
Segundo o MP, a vítima, Vítor Duarte, que tinha 50 anos, desferiu várias pancadas na cara e na cabeça do irmão com uma colher de pau, tendo Amadeu agarrado numa faca de cozinha com 11 centímetros de lâmina, com que cometeu o crime.
A briga terá ocorrido por volta das 12 horas, mas o arguido só ligou para os Bombeiros Voluntários de Pernes por volta das 15 horas, dizendo ser ele o agredido, e já depois de lavar a faca e ter mudado de roupa.

Crime deixou freguesia em choque
O mau relacionamento entre os dois irmãos era conhecido pelos residentes na freguesia, mas poucos esperavam que se transformasse num caso de homicídio.
Vítor Duarte trabalhava numa exploração pecuária, pagava as contas da casa e suportava parte das mensalidades do lar de idosos onde a mãe foi acolhida.
Descrito como violento e de mau temperamento, Amadeu, de 48 anos, fazia uns biscates ocasionais, mas passava parte do seu tempo em cafés.
O arguido, que está a aguardar julgamento em prisão preventiva, já cumpriu pena de cadeia por ter esfaqueado um indivíduo numa briga fútil, há cerca de 15 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB