Qui, 18 Julho 2024

PUB

RODAPE-CONTEUDOS

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Jovens assaltaram jardim-de-infância e roubaram carros


Sete jovens, hoje com idades entre os 21 e os 26 anos, vão começar a ser julgados no Tribunal de Almeirim por um total de 19 crimes relacionados com um assalto a um jardim-de-infância e com o roubo de vários veículos.

À data dos factos, em 2008, cinco dos arguidos ainda não tinham completado 18 anos, mas já eram suspeitos em muitos inquéritos policiais por furtos e crimes contra o património.

Neste processo, quatro deles vão responder pelo assalto ao antigo jardim-de-infância nº 2 de Almeirim (junto às escolas velhas, hoje desactivado), cometido em Setembro de 2008. 

Segundo a acusação do Ministério Público, os jovens começaram por roubar um carro que estava estacionado na urbanização da Vila das Taipas, em Almeirim, para carregar o que encontrassem no infantário.

Depois de terem arrombado a porta, os arguidos levaram material informático avaliado em 870 euros, tendo-se dirigido de seguida para o campo de futebol da Ribeira de Santarém, onde esconderam o produto do furto.

Este processo envolve ainda o roubo de mais dois carros, que os jovens andaram a conduzir sem ter carta de condução. Um dos veículos foi roubado na travessa do Canto do Jardim e o outro perto da praça de toiros de Almeirim, tendo este último sido recuperado pela GNR da Chamusca na freguesia do Chouto.

Um impressionante cadastro aos 22 anos

Um dos arguidos neste processo é um jovem natural de S. Domingos, Santarém, que chegou a estar referenciado por dezenas de furtos de automóveis enquanto ainda era menor de idade. Durante anos, foi um verdadeiro problema para a PSP e GNR, que o apanhavam frequentemente a conduzir carros roubados, mas não o podiam deter uma vez que, na altura, ainda não tinha completado os 16 anos de idade.

Hoje, com 22 anos, segundo o registo criminal que consta deste processo, soma já 26 condenações pelos crimes de condução sem habilitação legal, furto simples, furto qualificado, furto de uso de veículo e detenção de arma proibida. Dez dos processos-crime correram no Tribunal de Santarém, mas o jovem já foi condenado também pelos tribunais de Almeirim, Alcobaça, Entroncamento, Rio Maior, Nazaré e Figueira da Foz.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB