Qua, 29 Maio 2024

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Homem que se barricou após agredir GNR com faca fica em prisão preventiva

GNRbraco

O homem que se barricou em casa na noite de 19 de maio, na aldeia do Pinheiro Grande, concelho da Chamusca, depois de ter agredido um militar da GNR da Chamusca com uma arma branca, foi ouvido em tribunal esta segunda-feira, 21 de maio, tendo ficado em prisão preventiva.

Segundo a procuradoria da Comarca de Santarém, na ocasião “o arguido ameaçou e agrediu elementos de uma patrulha da Guarda Nacional Republicana chamados ao local pela respetiva companheira. Em momento subsequente foram-lhe apreendidas armas, entre elas uma pistola de calibre 8mm, uma pistola de alarme, 3 punhais, 6 canivetes e 4 navalhas”.

Na sequência da detenção, o Ministério Público invocou a verificação dos perigos de perturbação da ordem e tranquilidade pública e de continuação da atividade criminosa, justificativos da aplicação de prisão preventiva, medida que foi judicialmente deferida.

O arguido está indiciado pela prática de um crime de ofensas à integridade física qualificada, um crime de ameaça agravado, um crime de injúria agravado e um crime de detenção de arma proibida, ilícitos cujo apuramento será particularizado no âmbito do inquérito que seguirá os seus termos no DIAP do Entroncamento, com a colaboração da GNR da Chamusca.

Recorde-se que o caso ocorreu por volta das 22h30 de sábado, 19 de maio, após o indivíduo se ter envolvido numa discussão com outros populares junto a um café que existe no local, no Largo José Vaz Monteiro.

O homem reagiu mal à presença da GNR no local e acabou por atingir um militar com uma faca, tendo depois fugido para casa, onde se barricou.

O guarda foi transportado ao hospital de Santarém.

A residência foi cercada por um enorme dispositivo policial, enquanto decorreram as tentativas de negociação para que se entregasse às autoridades.

A GNR acabou por entrar na casa por volta da 1h15 da madrugada e deter o homem, que está detido no posto da Chamusca.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB