Ter, 16 Abril 2024

PUB

RODAPE-CONTEUDOS

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Família de Almeirim pede ajuda para transladar corpo

almeirimhugopolicarpomorte

Uma família de Almeirim abriu uma conta bancária solidária para angariar cerca de 4.500 euros, a verba necessária para transladar o corpo de Hugo Policarpo da Escócia para Portugal.

Depois de vários dias sem contatar com os familiares mais próximos, o homem de 32 anos, natural de Almeirim, foi encontrado morto na casa onde residia em Galashiels, no dia 10 de fevereiro, em circunstâncias que ainda não estão totalmente esclarecidas.

Depois de vários anos como funcionário da Compal, Hugo Policarpo chegou à Escócia há cerca de dois anos e trabalhava atualmente numa unidade hoteleira, onde deixou de aparecer poucos dias antes da sua morte.

Os resultados da autópsia foram inconclusivos, mas afastaram a hipótese de crime e indicaram que não houve falência de órgãos vitais.

Jorge Carvalho, um cunhado do falecido que vive com a sua irmã em Jedburg, a cerca de 20 quilómetros de Galashiels, disse à Rede Regional que a família não acredita em suicídio.

As autoridades locais já libertaram o corpo do falecido, pelo que a família tem até à próxima quinta-feira, 19 de fevereiro, para o reclamar e transladar para Portugal, cumprindo todos os requisitos legais.

Caso não o façam, o corpo ficará à guarda de uma agência funerária local, e os custos de o trazer para Portugal aumentarão de dia para dia.

A conta solidária aberta em nome da família tem o NIB 0036 0105 9910 0005 419 45.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB