Sex, 19 Julho 2024

PUB

RODAPE-CONTEUDOS

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Enguia volta a ser rainha nas mesas de Salvaterra de Magos

salvaterramesenguia2019a01

Pelo 23º ano consecutivo, o “Mês da Enguia” promete levar milhares de comensais e visitantes ao concelho de Salvaterra de Magos entre os dias 1 e 31 de março, num certame que já ultrapassou largamente a sua vertente gastronómica e afirma-se hoje como um dos principais eventos culturais e turísticos do concelho.

No que se refere à “rainha do Tejo”, ela vai estar em destaque nas ementas dos 20 restaurantes aderentes, espalhados por todo o concelho, e que a vão servir nas suas formas de confeção mais tradicionais, casos dos ensopados, caldeiradas, ou fritas com arroz de feijão, até às propostas mais arrojadas, como o calulú ou mesmo a cataplana e o torricado de enguias.

Variedade não faltará, num certame que já atingiu um “bom número de restaurantes, tendo em conta a dimensão do concelho”, segundo o presidente da Câmara de Salvaterra de Magos, Hélder Esménio.

“A ideia agora é crescer em termos de qualidade, seja a nível da confeção, das ementas ou do serviço prestado ao cliente, o que nem sempre é fácil, tendo em conta a afluência de público aos restaurantes”, disse o autarca à Rede Regional durante o almoço de apresentação do “Mês da Enguia”, que decorreu esta terça-feira, 19 de fevereiro, no edifício do Cais da Vala.

salvaterramesenguia2019a02“Queremos melhorar, e é essa a mensagem que passamos aos restaurantes, que são os nossos embaixadores de excelência”, continuou Hélder Esménio, explicando que, para a melhoria qualitativa, muito tem contribuído o trabalho que o júri do concurso tem desempenhado nos últimos anos.

Liderado novamente pelo chefe Luís Machado, este júri, mais do que avaliar o sabor dos pratos, tem dado consultoria técnica aos restaurantes a nível da cozinha e da sala, para melhorar a oferta ao cliente, com resultados bastante positivos.

Durante todo o mês de março, a restauração é complementada pela promoção às unidades de alojamento, aos produtores locais e às casas vinícolas do concelho, e ainda por um extenso programa de atividades culturais e desportivas, parte delas envolvendo o tecido associativo local.

São “vários produtos turísticos e patrimoniais que se complementam e que chamam muitos visitantes”, o que “tem um forte retorno para o tecido económico do concelho”, sublinha Hélder Esménio.

Ao chamariz pelo sabor da enguia, junta-se a agora “Feira Nacional de Artesanato e de Produtos Tradicionais”, que reúne cerca de 100 expositores aos fins-de-semana no Pavilhão do Inatel, os passeios de barco no Rio Tejo, as visitas à Falcoaria Real ou ao Museu do Escaroupim, ou as cinco exposições temáticas em simultâneo, entre muitas outras atividades.

O objetivo é, segundo o autarca, “que as pessoas venham mais vezes ao concelho, e que por cá passem mais tempo, pois oferta é coisa que não lhes falta”.

O programa completo pode ser consultado em www.mesdaenguia.pt.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB