Ter, 16 Abril 2024

PUB

RODAPE-CONTEUDOS

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Bombeiros do Cartaxo assinalam 83 anos ao serviço da população

Os Bombeiros Municipais do Cartaxo celebraram no dia 30 de novembro, 83 anos ao serviço da população. A data ficou marcada por uma cerimónia presidida pela Secretária de Estado da Proteção Civil, Patrícia Gaspar, que incluiu homenagem a todos os bombeiros já falecidos, e a entrega de novas divisas e galões a vários operacionais.


O Comandante dos Bombeiros Municipais do Cartaxo, David Lobato, enalteceu o trabalho levado a cabo por todos os elementos, sempre com o objetivo de proteger vidas humanas e bens em perigo, tantas vezes conseguido por atos de coragem e abnegação.

No seu discurso, o comandante enumerou todo o trabalho desenvolvido pela corporação desde o início deste ano, tendo esta participado em 84 acidentes de viação, 50 incêndios urbanos, 144 incêndios florestais, 2750 emergências pré-hospitalares, 30 conflitos legais, 45 intervenções em riscos naturais, tecnológicos e sociais, uma missão internacional em Moçambique e um exercício internacional, o Cascade, com três tipologias de exercício – resgate aquático, estruturas colapsadas e acidentes de viação.

Também o presidente da Câmara Municipal, Pedro Magalhães Ribeiro ,abordou as dificuldades financeiras, apelando à Secretária de Estado que, num futuro próximo, o financiamento dos Bombeiros Municipais, assegurado pelo orçamento municipal, possa ser revisto, de modo a diminuir as desvantagens perante os municípios que não têm corporações de bombeiros.

A entrada em vigor da nova legislação, saudada por Pedro Magalhães Ribeiro, traduziu-se num acréscimo para o Município de mais de 230 mil euros, “o que representa um grande esforço financeiro, face às depauperadas contas municipais que este executivo municipal herdou e às diminutas receitas que arrecada face à enorme despesa que tem no âmbito da regularização da dívida”.

Sobre o futuro e abordando os problemas apontados nos anteriores discursos, a Secretária de Estado afirmou saber que há “um caminho que é longo e difícil para trilhar, mas estamos dispostos a percorrê-lo e a ultrapassar os obstáculos e as dificuldades, trabalhando em conjunto e de forma integrada, envolvendo autoridades centrais, envolvendo autarquias, corpos de bombeiros e demais entidades que partilham responsabilidades nesta área”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB