Ter, 16 Abril 2024

PUB

RODAPE-CONTEUDOS

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Transporte de doente para o Hospital de Abrantes envolta em polémica

Imagem de Arquivo / Ilustrativa
Imagem de Arquivo / Ilustrativa

O caso que envolve o transporte de helicóptero de uma doente do hospital de Cascais para o de Abrantes, levou a Inspeção Geral das Atividades em Saúde (IGAS) a abrir um processo de averiguações à intervenção do presidente do INEM, Paulo Campos.

O assunto, tornado público esta quinta-feira, 19 de março, no Jornal da Noite da SIC, envolve uma doente oncológica que deu entrada na urgência do Hospital de Cascais a 24 de janeiro e que, após ter estado no Serviço de Observações da Urgência daquela unidade de saúde, acabou por ser transferida, no dia seguinte, de helicóptero, para o hospital de Abrantes.

O problema é que o Hospital de Cascais alega que não contactou o INEM nem solicitou qualquer transporte, e a SIC refere que terá sido o presidente do INEM que nesse dia se apresentou no hospital como médico assistente a dar conta da vaga em Abrantes. Ainda segundo aquela estação de televisão, terá sido igualmente Paulo Campos a acionar o helicóptero de emergência médica.

Já esta manhã, à margem de uma cerimónia que assinalou em Lisboa o Dia da Saúde Oral, o secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Leal da Costa, defendeu que é necessário chegar a uma conclusão sobre o que aconteceu o mais rapidamente possível, tendo pedido rapidez à IGAS.

Este já não é o primeiro caso que envolve o presidente do INEM, suspeito também de ter facilitado o desvio de uma ambulância com uma doente prioritária para que a sua mulher, enfermeira do INEM que acompanhava a doente, entrasse a horas no hospital onde trabalha.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB