Qui, 18 Julho 2024

PUB

RODAPE-CONTEUDOS

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Águas do Ribatejo abre estações de tratamento a centenas de alunos

Cerca de meia centena de alunos do 5º ano da Escola Febo Moniz, em Almeirim, visitaram esta quinta-feira, 17 de março, a central de águas da cidade. A visita foi a primeira de um ciclo integrado nas comemorações do Dia Mundial da Água ,que se assinala a 22 de março.


Por estes dias, a AR-Águas do Ribatejo, abre as suas Estações de Tratamento de Água (ETA) e os reservatórios dos sete concelhos para mostrar como é tratada a água desde a captação no subsolo até chegar à escola, à piscina, ao pavilhão ou a casa dos alunos.

O tema não é novo para os alunos que estudam o ciclo urbano da água. Com naturalidade mostram os seus conhecimentos à medida que decorre a visita guiada pelo técnico Tiago Moço, do Departamento de Produção e Tratamento da AR.

“Em alguns países aproveitam a água do mar para beber mas têm que lhe tirar o sal. Nós aqui bebemos a água que vem da terra. É tratada para não fazer mal”, explica Alexandre, aluna da Febo Moniz, com a segurança de quem fez o trabalho de casa.

O tema da água está na ordem do dia em tempo de seca e de alterações climáticas. Os alunos mostram estar sensibilizados para a importância do recurso. “Se não tivermos água morremos, nós, os animais e as plantas. O nosso corpo é 70% água”, adianta Rita, enquanto Tiago explica que criou um sistema de rega gota a gota no quintal para poupar água. “Antes regava com a mangueira mas gastava muita água e a minha mãe ralhava”.

O programa Eco Escolas, em curso nas escolas do 2º e 3º ciclos, “é um dos vetores da educação ambiental que visa encorajar ações de sensibilização e reconhecer o trabalho desenvolvido pela escola e pela comunidade em benefício do ambiente”, explica Teresa Marques, que coordena o programa juntamente com Sílvia Paulino.

O plano de ação está orientado para a aplicação de conceitos e ideias de educação e gestão ambiental à vida quotidiana da escola. “As ações concretas, desenvolvidas pelos alunos e por toda a comunidade educativa, proporcionar-lhes-ão a tomada de consciência de que simples atitudes individuais podem, no seu conjunto, melhorar o Ambiente global”, adiantam as docentes.

As visitas a equipamentos da AR, Estações de Tratamento de Água ETA para consumo humano e de Estações de Tratamento de Águas Residuais ETAR irão continuar nos concelhos de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche, Salvaterra de Magos e Torres Novas.
As escolas e entidades interessadas podem consultar a AR para o agendamento e preparação das ações através do email: geral@aguasdoribatejo.com.

Todos os municípios irão aderir ao desafio da Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas APDA e da Águas do Ribatejo para fechar a torneira durante 60 minutos no dia 22 de março.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB