Ter, 16 Julho 2024

PUB

RODAPE-CONTEUDOS

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Santarém recebe gala dos prémios Porco D’Ouro

O Centro Nacional de Exposições, em Santarém, recebe no dia 23 de junho, sexta-feira, os empresários suinícolas de todo o país para distinguir a excelência da produção nacional em mais uma edição, a sexta, da Gala de Entrega dos Prémios Porco D’Ouro.


Organizada pela Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores, com o apoio da Câmara Municipal de Santarém, a gala vai atribuir os prémios relativos ao ano de 2022, numa cerimónia que deverá contar com cerca de 600 pessoas.

Ao todo são 86 nomeações para 36 prémios, que distinguem os resultados mediante a produção numérica, taxa de partos e longevidade, divididos em três escalões de acordo com a dimensão do efetivo reprodutor das explorações candidatas.

O destaque vai ainda para os galardões “Prémio Especial Porco D’Ouro Ministério da Agricultura e da Alimentação para a Sanidade, Biossegurança, Bem-Estar Animal e Ambiente”, “Prémio Bem-Estar Animal CEVA”, “Prémio Raças Autóctones CEVA” e “Prémio Porco Diamante”.

A Ministra da Agricultura e da Alimentação, Maria do Céu Antunes, fará a entrega do “Prémio Especial Porco D’Ouro Ministério da Agricultura para a Sanidade, Biossegurança, Bem-Estar Animal e Ambiente”, que distingue a exploração com o melhor desempenho em mais de 80 critérios relacionados com aspetos como o espaço dos animais nas explorações, a gestão de efluentes ou os programas sanitários que bloqueiam a propagação de doenças animais, como a Peste Suína Africana.

O “Prémio Bem-Estar Animal CEVA” premiará as explorações com melhores pontuações no âmbito da certificação em bem-estar animal da FILPORC, que obedece a um extenso caderno de especificações com indicadores de bem-estar animal, auditado e certificado por um organismo de controlo independente.

O “Prémio Raças Autóctones CEVA” irá premiar os criadores que mais têm contribuído para a promoção e conservação das raças de suínos autóctones portuguesas: alentejano, bísaro e malhado de Alcobaça.
Por fim, o “Prémio Porco Diamante” aplica-se aos candidatos com melhores padrões de higiene, biossegurança e maneio nas suas explorações.

A empresa Euroeste, sediada em Rio Maior, lidera no número de nomeações num total de 21, seguindo-se a Agropecuária Valinho com 16 nomeações e a empresa Intersuínos com 11.

Por distrito, Santarém lidera com 23 empresas nomeações, seguindo-se Leiria com 22, Lisboa com 20 e Setúbal com 18. Portalegre (2), Aveiro (1), Viseu (1) e Évora (1) completam o quadro distrital de nomeações.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB