Sex, 21 Junho 2024

PUB

RODAPE-CONTEUDOS

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Obras de saneamento suspensas vão recomeçar em Agosto

As obras de execução das infraestruturas de abastecimento e saneamento em Almeirim, Benfica do Ribatejo e Alpiarça e a empreitada de construção da rede de saneamento de Marinhais, que estavam suspensas por dificuldades da empresa que as estava a executar, irão recomeçar em Agosto.

Segundo a empresa Águas do Ribatejo, que tem a concessão da água e saneamento nestes concelhos, a Asibel, construções SA, cedeu a sua posição contratual à Tecnourém, Engenharia e Construções SA, que vai agora ficar responsável pelas obras, suspensas desde 24 de Junho.

As empreitadas em causa foram  adjudicada por 2,1 e 1 milhões de euros, respetivamente e estão executadas em cerca de 60% e 50%.

A Águas do Ribatejo defende que, dado o cenário, esta é “a melhor solução”, pois não sendo possível a cessão contratual, a alternativa seria iniciar um novo concurso, processo que obrigaria a que os trabalhos se mantivessem suspensos  durante vários meses com inevitáveis prejuízos para os moradores e utilizadores das vias onde decorrem as obras.

Uma terceira empreitada – a execução dos subsistemas de saneamento de Volta do Vale, Branca e Santana do Mato, no concelho de Coruche, no valor de 720 mil euros, também foi suspensa quando estavam executados cerca de 60% dos trabalhos. Neste caso, aguarda-se a nomeação do administrador de insolvência da Asibel SA para se encontrar solução a negociar entre as partes.

A Águas do Ribatejo tinha ainda adjudicado mais duas empreitadas à mesma empresa, mas nestas obras, os trabalhos não se iniciaram, nomeadamente na empreitada de execução dos subsistemas de abastecimento de Água de Coruche / Valverde / Fajarda / Montinhos / Z.I. de Monte da Barca, no município de Coruche, com o valor de 772 mil euros, e ma empreitada para a conclusão da Estação Elevatória EE3 do subsistema de saneamento de Carregueira / Pinheiro Grande, no município da Chamusca com o valor de 87 mil euros.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB